Gastos de brasileiros no exterior caem 7,9%

Com a alta do dólar, o recuo nos gastos de brasileiros em viagem ao exterior foi maior em julho. De acordo com dados divulgados hoje (27), em Brasília, pelo Banco Central (BC), essas despesas chegaram a US$ 1,731 bilhão no mês passado, com redução de 7,9%, em relação a julho de 2017 (US$ 1,879 bilhão).

Em junho, as despesas também registraram recuo, comparadas com igual período de 2017. A queda foi de 1,5%.

“O orçamento [das viagens] tende a ser feito em moeda nacional. Naturalmente, o comportamento do câmbio vai afetar o gasto no exterior”, disse o chefe adjunto do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Lemos.

Nos sete meses do ano, entretanto, as despesas em 2018 (US$ 11,304 bilhões) ainda são maiores do que as de 2017 (US$ 10,684 bilhões).

Gastos de estrangeiros

As receitas de estrangeiros no Brasil chegaram a US$ 417 milhões em julho, e a US$ 3,657 bilhões, nos sete meses do ano.

Com o resultado das despesas de brasileiras e as receitas de estrangeiros, a conta de viagens internacionais ficou negativa em US$ 1,314 bilhão no mês passado, e em US$ 7,647 bilhões nos sete meses do ano.

De acordo com dados preliminares do BC para agosto deste ano, as despesas de brasileiros no exterior estão em US$ 1,1 bilhão, e as receitas de estrangeiros em US$ 359 milhões, até o dia 23.

Com isso, o déficit na conta de viagens está em US$ 713 milhões em agosto, até a última quinta-feira.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!