Alta do dólar não prejudicará acordo com caminhoneiros, diz Eliseu Padilha – Exame

Brasília – O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta terça-feira, 28, que a crescente alta do dólar não deverá prejudicar o acordo que o governo fez com os caminhoneiros, embora admita que o preço do diesel possa ter um aumento. “Todos nós sabemos que o preço do combustível no Brasil é regido pelo mercado internacional. O que nós pactuamos é que ele vai variar no que diz respeito ao diesel; ele vai variar de 30 em 30 dias”, afirmou. “Então, poderá ter variação para cima ou para baixo. Nesse momento com dólar subindo, a tendência é que a gente tenha algum aumento”, disse Padilha ao final do evento realizado no Palácio do Planalto em comemoração ao Dia Nacional do Voluntariado.

O dólar recuperou as perdas registradas no início do pregão e voltou a operar na casa dos R$ 4,11 nesta terça-feira com a cautela diante das incertezas com o cenário eleitoral doméstico predominando no mercado.

“Todos têm compreensão, são fatores, são dados que não são coordenados, não são dominados pelo governo. Circunstâncias do mercado são do mercado, e o mercado engloba também o interesse dos caminhoneiros”, completou Padilha.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!