Andrade: Resultado do BC transferido ao Tesouro auxilia na regra de ouro – Isto É

O chefe do departamento de contabilidade e execução financeira do Banco Central, Arthur Andrade, confirmou que o lucro de R$ 165,9 bilhões do BC no primeiro semestre ajudará o governo a cumprir a regra de ouro. Ele esclareceu que o valor, que será transferido ao Tesouro Nacional em até 10 dias úteis, não tem impacto no resultado primário.

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje o balanço do Banco Central referente ao primeiro semestre de 2018. A instituição registrou lucro de R$ 165,9 bilhões no período. O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, já havia adiantado que o lucro do BC será usado integralmente para ajudar no cumprimento da chamada regra de ouro do Orçamento em 2019.

“O resultado é uma valorização contábil dos instrumentos do BC (reservas, compromissadas e carteira de títulos), e não significa que a instituição foi mais ou menos eficiente”, afirmou Andrade.

No primeiro semestre, o BC teve um resultado operacional positivo de R$ 19,7 bilhões e um resultado positivo de R$ 146,2 bilhões com operações com reservas internacionais e derivativos cambiais.

“Com a depreciação do real frente ao dólar em 16,5% no primeiro semestre do ano (de R$ 3,31 para R$ 3,86) fez com que os resultados com as reservas internacionais fossem elevados no período”, completou.

O post Andrade: Resultado do BC transferido ao Tesouro auxilia na regra de ouro apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!