África do Sul entra em recessão pela 1ª vez desde 2009 – Exame

O governo informou que a economia contraiu 0,7% no 2º trimestre, fazendo com que a moeda caísse em 2%

Por Reuters

access_time 4 set 2018, 13h55

Pretoria –  A África do Sul entrou em recessão no segundo trimestre pela primeira vez desde 2009, em um golpe para os esforços do presidente Cyril Ramaphosa de reanimar a economia após uma década de estagnação.

A agência de estatísticas da África do Sul informou que a economia contraiu 0,7 por cento no segundo trimestre, diante de declínios nos setores de agricultura, transportes e varejo.

O rand ampliou as perdas contra o dólar para mais de 2 por cento e os títulos do governo caíram após a divulgação dos dados. Analistas esperavam que a economia cresceria 0,6 por cento no período.

“Estamos em recessão. Divulgamos contração no primeiro trimestre…e agora no segundo trimestre com queda de 0,7 por cento”, disse o estatístico-geral da África do Sul Risenga Maluleke.

A agência informou que a produção agrícola caiu 29,2 por cento no segundo trimestre, enquanto transportes, comunicação e armazenamento contraíram 4,9 por cento. Por outro lado, o setor de mineração cresceu 4,9 por cento e o financeiro teve expansão de 1,9 por cento.

Além disso, a agência disse que a contração econômica no primeiro trimestre foi mais profunda do que o registrado inicialmente, a 2,6 por cento.

Analistas disseram que os dados devem fazer com que seja mais difícil para que o banco central da África do Sul eleve a taxa de juros em suas próximas reuniões.

“O cenário de crescimento no primeiro semestre de 2018 é feio e mostra nessa economia que existe fraqueza generalizada nos setores primário e terciário”, disse o economista sênior do BNP Paribas Jeffrey Schultz.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!