Atentado contra oleoduto gera emergência ambiental na Colômbia – Isto É

Um novo atentado contra um dos principais oleodutos da Colômbia gerou uma emergência ambiental no nordeste do país, perto da fronteira com a Venezuela, informaram as autoridades nesta quarta-feira.

A ação “produziu rompimento da infraestrutura” e “queda de petróleo no córrego La Llana e no rio Catatumbo”, no departamento de Norte de Santander, indicou a Ecopetrol em um comunicado.

A companhia estatal “ativou um plano de contingência (…) para atender a emergência”.

Com 780 km de comprimento, o oleoduto Caño Limón Coveñas é alvo frequente de ataques que as autoridades atribuem ao Exército de Libertação Nacional (ELN), a última guerrilha ativa na Colômbia.

Em 2018 houve “63 ataques contra este sistema de transporte de hidrocarbonetos nos departamentos de Norte de Santander, Arauca e Boyacá”, segundo a Ecopetrol.

Ever Pallares, funcionário do município de Teorama, local do atentado, afirmou que várias famílias tiveram de ser realocadas “porque o petróleo afetou suas casas e cultivos”.

Embora a força pública não tenha apontado os supostos responsáveis, o ELN exerce “presença forte” na zona e eles “sempre recorreram a essas práticas”, acrescentou à AFP o responsável local.

O post Atentado contra oleoduto gera emergência ambiental na Colômbia apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!