Índice de Commodities do BC sobe 0,83% em agosto ante julho – Exame

O avanço na margem visto no mês foi resultado direto da alta de dois dos três segmentos que compõem o IC-BR: Agropecuária (+0,61%) e Energia (+2,51%)

Por Estadão Conteúdo

access_time 5 set 2018, 15h51

Brasília – O Índice de Commodities do Banco Central (IC-Br) subiu 0,83% em agosto ante julho, informou nesta quarta-feira, 5, a instituição. O indicador passou de 197,04 pontos para 198,68 pontos.

Para efeito de comparação, o BC também divulga em seu documento o indicador internacional de commodities, o CRB, que recuou 1,15% na mesma relação mensal.

O avanço na margem visto em agosto foi resultado direto da alta de dois dos três segmentos que compõem o IC-BR: Agropecuária (+0,61%) e Energia (+2,51%). O segmento Metal registrou baixa de 0,72%.

Em Agropecuária estão incluídos itens como carne de boi, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café, arroz e carne de porco. Já o segmento de Metal reúne alumínio, minério de ferro, cobre, estanho, zinco, chumbo e níquel. Por sua vez, em Energia estão inclusos os preços de gás natural, carvão e petróleo.

No acumulado do ano até agosto, o IC-Br exibe alta de 17,11%, com Agropecuária em alta de 13,44%, Metal com avanço de 10,37% e Energia com alta de 34,95%. O CRB no período subiu 15,97%.

Em 12 meses até agosto, o indicador do BC mostra avanço de 28,82%, com Agropecuária em alta de 22,60%, Metal com alta de 17,13% e Energia com elevação de 63,16%. CRB do mesmo período subiu 18,84%.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!