Suspiro de Emergentes Testado na Sessão de Hoje. Mercado de Trabalho e Inflações – Investing.com

O suspiro recebido pelos mercados emergentes ontem ainda não significa uma melhora de contexto, ou seja, pode ter sido somente um respiro, o mesmo que pode se repetir ainda hoje.

Tudo ocorreu apesar da forte realização de lucros em empresas de tecnologia nos EUA e reiteramos nossa análise do retorno dos investidores de maneira mais completa após o feriado do Labor Day, onde o apetite pelo prêmio de maior risco tende a se elevar com o cenário econômico mais positivo.

Apesar desta série de indicadores acima das expectativas nos EUA, os fundamentos começam a se tornar problemáticos com o imbróglio político, onde um recente artigo do NY Times de uma fonte interna da Casa Branca cita que a equipe de Trump faz de tudo para contornar o comportamento errático e as vezes infantil do presidente, de modo a evitar maiores danos.

Todavia, os problemas em países emergentes são fundamentalmente mais preocupantes no curtíssimo prazo do que a conduta de Trump e a busca por tais mercados demanda uma propensão considerável à especulação, principalmente após a alta de juros na Argentina.

Dois pontos importantes hoje na agenda econômica são o mercado de trabalho americano, principalmente a produtividade e o custo de mão de obra e no Brasil, IGP-DI e IPCA, os quais devem colocar a inflação em espectros opostos, por conta dos preços no atacado e a dificuldade em repasse, devido à atividade econômica parada.

CENÁRIO POLÍTICO
O Ibope de ontem começa adesenhar um cenário mais concreto em termos eleitorais, apesar das fortes incertezas que ainda marcam o pleito.

A redução de indecisos é um ponto importante a se notar, assim como a ausência do ex-presidente, que teve hoje de manhã confirmado o impedimento de sua candidatura por Fachin, o mesmo que votou em favor do relatório da ONU no último plenário.

Com tais movimentos, a melhor definição dos agentes deixa mais claras as possibilidades de primeiro e segundo turnos e a partir daí começam as reações do mercado financeiro.

Começaram as eleições.

CENÁRIO DE MERCADO
A abertura na Europa é negativa e os futuros NY operam em alta, mesmo com o fechamento negativo nos EUA.

Na Ásia, o fechamento foi negativo, com as preocupações com mercados emergentes.

O opera em alta queda a maioria das divisas, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vértices.

Entre as commodities metálicas, altas consistentes, com destaque ao cobre.

O abre em alta em NY e em Londres, com os furacões no golfo do México paralisando a produção e sanções no Irã.

O índice de volatilidade abre em alta acima de 0,9%.

CÂMBIO
Dólar à vista : R$ 4,1459 / -0,34 %
Euro / Dólar : US$ 1,16 / -0,034%
Dólar / Yen : ¥ 111,29 / -0,215%
Libra / Dólar : US$ 1,29 / 0,225%
Dólar Fut. (1 m) : 4140,62 / -0,64 %

JUROS FUTUROS (DI)
DI – Julho 19: 8,02 % aa (-0,31%)
DI – Janeiro 20: 8,82 % aa (-0,45%)
DI – Janeiro 21: 10,10 % aa (-0,10%)
DI – Janeiro 25: 12,49 % aa (0,16%)

BOLSAS DE VALORES
FECHAMENTO
: 0,51% / 75.092 pontos
: 0,09% / 25.975 pontos
: -1,19% / 7.995 pontos

: -0,41% / 22.488 pontos
: -0,99% / 26.975 pontos
: -1,12% / 6.160 pontos

ABERTURA
: -0,060% / 12033,19 pontos
: 0,097% / 5265,32 pontos
FTSE: -0,142% / 7372,79 pontos

Ibov. Fut.: -0,19% / 75367,00 pontos
S&P Fut.: 0,028% / 2889,10 pontos
Nasdaq Fut.: -0,066% / 7526,75 pontos

COMMODITIES
Índice Bloomberg: 0,33% / 82,94 ptos

Petróleo WTI: 0,09% / $68,78
:0,25% / $77,46

: 0,73% / $1.205,52
: 0,87% / $67,22

: -0,60% / $15,67
: 0,14% / $352,25
: -1,05% / $99,05
: -0,46% / $10,80

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!