Qual Opção Mais Subirá Com as Eleições? – Investing.com

Viva Las Vegas

Minha aposta seria na PETRL25.

Ressalto que é uma aposta. Comprar opções secas não pode ser qualificado como investimento.

É um trade arriscado com baixa probabilidade de sucesso.

É mais uma faceta de finanças onde a teoria não serve para nada.

“Qual seria?”

Discutia exatamente isso com o Breia há duas semanas.

Se você fosse apostar em uma opção, qual seria? – ele disse

E começamos a mapear os eventos e as probabilidades.

Opção explosiva

Comprar opções só dá certo em situações específicas.

As ações precisam se mover MUITO e para o lado que você imagina.

Compramos calls (opções de compra) apostando em altas e puts (opções de venda) para quedas.

Para ganharmos, o movimento precisa ser muito maior que os “precificado” para aquela ação.

E antes do vencimento da opção.

PETRO, ELET ou BB?

Claro, uma alta causada por mudança de governo beneficiaria estatais.

Petrobras (SA:), Banco do Brasil (SA:) ou Eletrobras (SA:)?

Teríamos os leilões de ELET? Privatização?

Petrobras se livraria de subsidiar combustíveis?

BB apenas continuaria a boa gestão dos últimos anos?

Qual ação se beneficiaria mais de um controle responsável?

Prêmio de liquidez

As opções de Petro são as únicas líquidas.

Apesar de imaginar que ELET teria mais upside.

É verdade que, com opções ilíquidas, poderíamos ganhar mais.

Quando algum player precisa recomprar as opções, paga qualquer preço.

Mas pagaríamos muito mais caro por elas na entrada.

Strike (preço de exercício)

Petro está a 19,26 reais.

Escolhemos um strike provável de ser atingido.

Em maio último, PETR4 atingiu 27,27 reais.

Reajustes de preços e alta do puxaram as ações.

Não seria improvável que as ações voltassem àquele patamar.

Algo como +41,6 por cento de alta.

A volatilidade implícita

É aqui que o leigo se machuca ao negociar opções.

Ninguém quer vender opções de estatais 1 mês antes das eleições.

O “medo de vender” encarece as opções – maior volatilidade implícita.

Mas, após o pleito, o “medo” some e os preços se normalizam.

A volatilidade implícita despenca.

Quem sobra com as opções na mão, perde dinheiro rapidamente.

Escolhendo nome, vencimento e strike

Petro que é mais líquida e com um upside mais claro.

O vencimento de outubro é antes do 2o turno e novembro tem vol implícita muito alta.

O vencimento de dezembro que nos dá mis tempo para o movimento.

As ações poderiam atingir algo ao redor de 27 reais.

Mas quanto menor o strike, maior nossa probabilidade de sucesso.

Simulando o futuro

Usar o Black and Scholes ajuda muito no raciocínio.

Fazemos simulações de preços e prazos.

Como o preço da opção varia com o preço da ação, data e vol implícita?

Por exemplo:

Call de PETR4 vencimento 17/dez, strike 24,92 reais (PETRL25):

Se PETR4 sobe +30 por cento até 29/out, ganhamos +82 por cento.

(Pagamos vol implícita de 64 por cento e vendemos a 45 por cento)

Se PETR4 sobe +20 por cento até 29/out, ganhamos +14 por cento.

(Pagamos vol implícita de 64 por cento e vendemos a 45 por cento)

A vol implícita e a probabilidade

O segredo está na vol implícita.

Com o ajuste da vol implícita, as opções se movem muito menos.

Na segunda simulação, as opções sobem menos que as ações.

É aqui que o leigo encontra dificuldades negociando opções.

A vol implícita alta é a defesa do mercado contra os movimentos.

Riscos e probabilidades

O maior problema em comprar opções é sua baixa probabilidade de sucesso.

Aproximadamente 95 por cento das opções vencem fora do dinheiro.

Viram pó.

Seus compradores perdem todo o dinheiro investido.

O mercado paga muito caro pela segurança matemática das opções.

Vale a pena comprar PETRL25?

Eu diria que não.

A probabilidade de acertarmos o timing e o movimento das ações é baixo.

Existe, mas é reduzido.

E o mercado paga caro demais pela segurança matemática das opções.

Perda limitada e ganhos infinitos só existem mesmo nas planilhas dos teóricos.

Inverta, sempre inverta

Por isso Warren Buffett não compra opções.

Ele faz o exato contrário, ele as vende.

(Mas cuidado! Vender opções carrega grandes riscos para o leigo)

A matemática nos diz que vender opções é loucura.

Mas, vendendo opções elevamos nossa probabilidade de sucesso.

Vendendo opções, nos aproveitamos dos erros de outros investidores.

Boas e baratas

Esqueça a matemática.

O excel não substitui o pensamento.

Buffett ficou multibilionário apenas comprando ativos mal precificados.

Nossas probabilidades crescem muito quando nos aproveitamos dos erros de outros investidores.

O segredo do sucesso está em ampliar suas probabilidades.

E isso resume toda a estratégia do Investidor de Valor.

Acompanhe muito mais no Twitter: @BruceBarbosa88, no FB: BruceBarbosaOficial e LinkedIn: BruceBarbosaOficial

Publicação Original

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!