Mercado vê folga de R$18 bi para meta de déficit primário em 2018 – Exame

Segundo dados apresentados pelo relatório Prisma, a estimativa agora é de déficit primário de 141,039 bilhões de reais em 2018

Por Reuters

access_time 13 set 2018, 11h03

Brasília – O mercado melhorou novamente a projeção para o rombo primário do governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência) em 2018, com folga de quase 18 bilhões de reais em relação à meta estabelecida para o ano, apontou relatório Prisma Fiscal divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério da Fazenda.

Segundo mediana dos dados coletados até o quinto dia útil deste mês, a estimativa agora é de déficit primário de 141,039 bilhões de reais em 2018, melhor que o saldo negativo de 148,172 bilhões de reais calculado antes.

A projeção, com isso, passa a embutir sobra ainda maior em relação à meta fixada pelo governo, de rombo de 159 bilhões de reais. Membros da própria equipe econômica vêm ressaltando que o dado deve fechar 2018 melhor que o esperado, ajudado por bilionários recursos empoçados em ministérios.

O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, justificou que embora o dinheiro tenha sido liberado para pagamento, não está sendo executado pelas pastas por uma série de amarras e vinculações. Em agosto, ele estimou economia de 14,5 bilhões de reais nessa frente.

Para 2019, a projeção dos economistas passou a ser de déficit primário de 123,808 bilhões de reais, com pouca alteração em relação ao patamar de 123,288 bilhões de reais visto no mês anterior, informou o Prisma. O resultado também segue dentro da meta de saldo negativo em 139 bilhões de reais para o ano, no que será o sexto consecutivo que o país não consegue economizar para pagar juros da dívida pública.

Em relação à dívida bruta, as contas ficaram praticamente estáveis. Para 2018, os economistas calcularam em 76,10 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), sobre 76 por cento anteriormente. Para o ano que vem, estimaram que subirá a 78,12 por cento do PIB, sobre 78,09 por cento visto antes.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!