Premiê da China denuncia medidas comerciais unilaterais – Isto É

O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, defendeu nesta quarta-feira o sistema comercial global baseado em regras e, numa referência às tensões comerciais de Pequim com os EUA, disse que eventuais problemas devem ser resolvidos por meio de consultas, e não através de ações unilaterais.

Em discurso feito durante evento do Fórum Econômico Mundial, na cidade portuária de Tianjin, o premiê descreveu a China como um país de fundamentos econômicos saudáveis, reiterou promessas do governo de incentivar novas tecnologias para estimular o crescimento e renovou promessas de reduzir impostos e melhorar o clima de negócios para empresas chinesas e estrangeiras.

Li não mencionou explicitamente a crescente disputa comercial com os EUA, mas fez uma vigorosa defesa da ordem comercial mundial e denunciou tentativas unilaterais de alterar as regras em vigor.

“Essas regras beneficiaram o progresso de toda a humanidade” afirmou o premiê. “Nenhum unilateralismo irá oferecer uma solução viável. O compromisso com o multilateralismo e consultas para benefícios compartilhados irão permitir que continuemos a ser favorecidos” pelo comércio global.

Numa aparente resposta a críticas feitas pelo governo do presidente americano, Donald Trump, e por algumas empresas ocidentais, Li disse que a China continuará reduzindo tarifas sobre alguns produtos importados e garantirá que companhias estrangeiras compitam em condições de igualdade em território chinês.

Ele também reiterou a promessa de que Pequim não irá desvalorizar o yuan para estimular exportações e demonstrou confiança de que a moeda chinesa será mantida em nível razoável.

Li disse ainda que a China vai continuar implementando uma política monetária prudente, sem adotar medidas de relaxamento agressivas, e garantir ampla liquidez. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!