Alckmin diz ser contra aumento de impostos e contra a volta da CPMF – Exame

São Paulo – A recente sinalização do principal economista do presidenciável Jair Bolsonaro, Paulo Guedes, sobre o retorno da CPMF em caso de uma vitória do ex-capitão da reserva nas eleições, foi criticada nesta quinta-feira, 20, pelo candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin. “Sou contra aumento de impostos e sou contra a volta da CPMF”, disse, em caminhada no centro de Guarulhos.

O tucano fez duras críticas à proposta. “O candidato da bala deu o primeiro tiro. Deu tiro nos mais pobres, no contribuinte, na economia. Isso faz o mais rico deslocar o dinheiro para fora e não ajuda a economia”, declarou. “Eu não vou fazer isso. Meu ajuste fiscal será feito pelo lado da despesa.”

Sobre seu desempenho na última pesquisa Datafolha, em que aparece com 9% das intenções de voto, Alckmin disse que os próximos dias serão decisivos. “Temos todas as condições de crescer nos próximos quinze dias e impedir a volta do PT e também o candidato da bala”, afirmou o candidato.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!