China mostra indignação após sanções americanas por compra de armas russas – Isto É

Caça pousa em base aérea russa na Síria

A China expressou nesta sexta-feira “grande indignação” pelas sanções impostas pelos Estados após a compra de armamento da Rússia.

Washington anunciou na quinta-feira sanções contra uma organização do exército chinês pela compra de caças e mísseis terra-ar da Rússia.

“Este gesto dos Estados Unidos viola gravemente os princípios fundamentais das relações internacionais e prejudica seriamente as relações entre os dois países e suas Forças Armadas, afirmou Geng Shuang, porta-voz do ministério das Relações Exteriores.

Ele disse que Pequim apresentou um protesto a Washington.

“Pedimos com veemência aos Estados Unidos a retificação imediata deste erro e a retirada das denominadas sanções. Em caso contrário, terão que pagar as consequências”, advertiu Shuang.

Ao mesmo tempo, a Rússia acusou o governo dos Estados Unidos de ameaçar “a estabilidade mundial” com as sanções contra a unidade militar chinesa.

“Seria bom que eles (EUA) lembrassem que existe um conceito de estabilidade global, que eles estão minando de modo irrefletido”, declarou o vice-ministro das Relações Exteriores, Serguei Ryabkov, em um comunicado.

“Brincar com o fogo é estúpido e pode ficar perigoso”, completou.


Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!