Etanol: Agosto Foi Marcado Pela Demanda Aquecida Pelo Hidratado nos Postos de SP – Investing.com

O mês de agosto foi marcado pela demanda aquecida pelo etanol hidratado nos postos de São Paulo, diante da paridade favorável para o biocombustível. Com isso, o volume negociado nas usinas paulistas no mercado spot foi o quarto maior de toda a série histórica do Cepea, superando em 45% o de julho. Mesmo com a forte demanda, o preço do etanol hidratado no produtor esteve inferior ao do mês anterior, devido às intensas quedas verificadas na primeira quinzena de agosto.

Neste cenário, a média do Indicador CEPEA/ESALQ para o etanol hidratado das semanas cheias de agosto foi de R$ 1,4454/litro, queda de 0,76% na comparação com a média das semanas cheias do mês anterior. No mesmo comparativo, a média do etanol anidro em agosto, de R$ 1,6024/litro, caiu 3,51% em relação a julho – ambos considerando-se apenas o spot.

Nas bombas, o abastecimento com o etanol hidratado continua vantajoso em São Paulo. Em agosto, o preço médio do etanol hidratado foi de R$ 2,434/litro e para a gasolina C de R$ 4,214/litro, resultando numa relação de 57,8%, ante os 60,4% de julho. A paridade também segue favorável para o biocombustível nos estados de MT (55,6%), GO (60%), MG (60%), PR (62,8%) e RJ (67,1%) de acordo com os dados da ANP (Agência Nacional do , Gás Natural e Biocombustíveis).

Ainda segundo a ANP, foram consumidos mais de 2,9 bilhões de litros do biocombustível no acumulado desta safra (abril a julho), cerca de 524,4 milhões de litros a mais do que o vendido no mesmo período da safra anterior (2,47 bilhões).

NORDESTE – Em agosto, primeiro mês de nova safra na Paraíba, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado caiu 16% frente ao de junho/18, fechando a R$ 1,6784/litro (sem frete, sem ICMS e sem PIS/Cofins). Para o Indicador CEPEA/ESALQ do anidro, a queda foi de 11,9% na mesma comparação, com o Indicador a R$ 1,8413/litro (sem frete e sem PIS/Cofins) em agosto.

Em Pernambuco, algumas unidades também começaram a comercializar o etanol hidratado. O Indicador CEPEA/ESALQ do biocombustível fechou a R$ 1,6465/litro no mês, queda de 17,6% frente ao de julho. Já para o anidro, não houve informações suficientes para composição de uma média. Em Alagoas, a moagem deve ser iniciada entre setembro e outubro.

De acordo com a Conab, a safra 2018/19 do Nordeste deve somar 44,7 milhões de toneladas de cana, alta de 8,7% em relação à safra anterior. A produção de etanol está estimada em 1,7 bilhão de litros. Quanto ao mix de produção da nova safra, algumas unidades que já iniciaram suas atividades têm destinado a maior parte da cana para produção de etanol, tendo em vista as desvalorizações externas do .

EXPORTAÇÕES – De acordo com dados da Secex, em agosto as exportações de etanol anidro e hidratado somaram 262,5 milhões de litros, altas de 45,3% em relação a julho/18 e de 48,5% frente a agosto/17. A receita somou US$ 124,8 milhões em agosto, 37,1% maior quando comparada a julho/18. Em Reais, foram gerados mais de R$ 490,4 milhões. No acumulado da safra 2018/19, foram exportados 701,8 milhões de litros de etanol.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!