EURUSD: Análise de Mercado (21/09/18) – Investing.com

Ontem, 20/9, as cotações do euro dispararam. Os touros romperam a resistência em 1,1725 diante da queda da demanda pelos ativos de risco. Na sessão dos EUA, o preço conseguiu chegar ao nível de 1,1785.

A pressão sobre o aumentou depois da divulgação do PIB da Nova Zelândia, que fortaleceu o NZD. Enquanto isso, na Europa, a libra se valorizou após os dados de vendas no varejo do Reino Unido.

O dólar perdeu posições em todos os mercados apesar dos dados positivos no índice da atividade industrial, no número de pedidos de auxílio ao desemprego e apesar do aumento dos rendimentos dos títulos da dívida pública do Tesouro Americano a 10 anos. Isso é muita coisa. Por isso, o mercado deve corrigir essas distorções hoje. Os rendimentos chegaram ao nível máximo dos últimos quatro anos (3,099%).

Fig.1 EURUSD, timeframe horário. Fonte: tradingview

Análise técnica

A resistência no nível 1,1725 não resistiu. Eu não esperava por esse rompimento. Acima desse nível, as ordens Stops Loss foram acionadas, inclusive a minha, além das ordens Buy Stop. A nova resistência, em 1,1785, segurou os compradores.

Enquanto escrevo, é cotado a 1,1776. Como os cruzados da moeda única estão sendo negociados em alta na Ásia, o preço deve até a linha superior do canal (1,18) na sessão europeia. O timeframe horário continua indicando queda, conforme a previsão. Apenas, o preço está um décimo acima do prognóstico da semana (1,1675).

Na próxima semana, ocorrerá a reunião do Fed (Federal Reserve, Banco Central dos EUA). É esperado um aumento de 25 pontos percentuais na taxa de juros. Como o aumento já foi absorvido pela cotação, os traders vão focar no próximo aumento, de dezembro.

Entre as notícias, um dos destaques será o segundo dia da reunião de cúpula da União Europeia, em Salzburgo, quando é esperado o anúncio do acordo com o Reino Unido. A libra já se valorizou com a expectativa de progresso nas negociações. Se aparecerem notícias negativas, o par libra/dólar vai dar uma guinada para baixo, arrastando outros pares. Espero alta até 1,18, com queda em seguida para 1,1746. Caso haja um rompimento muito forte da linha superior do canal, em 1,1888, a cotação pode voltar para o limite inferior, em 1,1688.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!