Novos projetos para dinheiro extra dos royalties da mineração – Isto É

Em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o prefeito Vítor Penido faz planos para o dinheiro a mais que entrará na cidade com as mudanças na distribuição de royalties da mineração. Há projetos para construção de postos de saúde, creches e escolas, por exemplo. A reforma de um trecho da estrada que liga Nova Lima a Belo Horizonte também está nos planos. “É dinheiro que não se pode gastar, por exemplo, com pagamento de salários. É obrigatório que tudo seja investido.”

Nova Lima é a terceira cidade que mais recebe royalties de mineração no País. Penido projeta receber este ano mais de R$ 100 milhões (os números do DNPM apontam que essa meta já foi alcançada, com R$ 104 milhões até agosto). Os recursos arrecadados com a retirada de minério representam cerca de 20% da receita total do município.

Até o momento, moradores afirmam não perceberem que o aumento da arrecadação já esteja sendo revertido em obras para a cidade. “Está tudo a mesma coisa. Acho que a tendência é que melhore”, diz o taxista Gabriel Marques, de 24 anos.

Conforme o prefeito, o município está sendo colocado financeiramente em ordem, e por isso não é possível aumentar o número de obras imediatamente. Ele diz que o mais importante para uma cidade como Nova Lima é se preparar para sobreviver após exauridas as reservas de minério. Uma das iniciativas nesse sentido é a atração de empresas de serviços. Segundo o prefeito, cerca de 25% da receita da cidade é com a arrecadação de ICMS. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O post Novos projetos para dinheiro extra dos royalties da mineração apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!