Canadá nega que impasse em negociações do Nafta seja por política interna – Isto É

Justin Trudeau negou neste domingo “de maneira clara e firmemente” que o fato de que o Canadá ainda não fechou um novo acordo com os Estados Unidos sobre o Nafta se deve a razões de política interna, como sugeriu um assessor da Casa Branca.

“Quero dizer de maneira clara e firme que as considerações sobre as eleições em New Brunswick e Quebec não fazem parte da nossa reflexão” sobre as negociações comerciais com os Estados Unidos, declarou o primeiro-ministro canadense em uma entrevista coletiva com o espanhol Pedro Sánchez em Montreal.

New Brunswick e Québec elegem seus deputados provinciais em 24 de setembro e 1 de outubro, respectivamente.

O setor de lácteos de Quebec, um dos mais poderosos da economia nacional, pressiona o governo liberal de Trudeau a não ceder ao governo americano, que exige que o Canadá liberalize seu sistema de proteção à produção leiteira.

Esse é um dos principais pontos que impedem Ottawa e Washington de concluírem um novo acordo sobre o Nafta.

Legisladores do Quebec ameaçaram tomar medidas legais se o Executivo ceder aos Estados Unidos.

Na sexta-feira, um assessor econômico da Casa Branca sugeriu que o Canadá está segurando as negociações comerciais por razões de política interna e advertiu que os Estados Unidos poderiam continuar discutindo a modernização do Nafta apenas com o México.

“Nós sempre dissemos muito claramente que só assinaremos um bom acordo para o Canadá, senão não assinaremos”, insistiu Trudeau.

Perguntado sobre se as negociações serão suspensas durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, que acontecerá na próxima semana em Nova York, o primeiro-ministro canadense disse que deverão continuar “menos formalmente” à margem da reunião.

O post Canadá nega que impasse em negociações do Nafta seja por política interna apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!