Custo de vida na região metropolitana de SP fica estável em agosto

O custo de vida na região metropolitana de São Paulo ficou estável em agosto, com variação de -0,01%, interrompendo um série de quatro elevações seguidas. De janeiro a agosto, no entanto, houve alta de 2,48% e, nos últimos 12 meses, de 4,61%. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, as variações mostram aceleração inflacionária no resultado acumulado, já que nos oito primeiros meses de 2017, a taxa tinha alcançado 1,71%.

Os dados são da pesquisa mensal do Custo de Vida por Classe Social (CVCS), feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). De acordo com o levantamento, o resultado foi influenciado pelo grupo transportes que foi o único com oscilação negativa (-1,37%).

Entre os nove grupos pesquisados, os que provocaram maior pressão de alta foram habitação (0,59%) e o grupo saúde e cuidados pessoais (0,65%).

Os consumidores da classe A (renda acima de R$ 12,2 mil) foram os que mais sentiram o aumento dos preços nesse período com alta de 0,19%, seguida da classe B (rendimentos entre R$ 7,3 mil e R$ 12,2 mil) que registrou alta de 0,11%. Nas classes E (renda de R$ 976,58) e D (renda entre R$ 976,59 e R$ 1.464,87) ocorreram quedas de 0,18% e 0,19%, respectivamente.

O CVCS é composto pelo Índice de Preços no Varejo (IPV) que apontou alta de 0,06% e pelo Índice de Preços de Serviços (IPS) com queda de 0,08%. Em relação ao IPV, três dos oito segmentos pesquisados recuaram na comparação com julho último: transportes (-0,43%), alimentação e bebidas (-0,35%) e educação (-0,10%). Já na apuração do IPS,dois dos oito segmentos, apresentaram queda: transportes (-3,02%) e artigos de residência (-1,26%)

Edição: Denise Griesinger

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!