FGV: Confiança de serviços recua e confirma piora da percepção no 3º tri – Exame

São Paulo – A confiança do setor de serviços do Brasil recuou em setembro e confirmou a piora da avaliação dos empresários sobre os negócios no terceiro trimestre em meio a um ajuste diante das incertezas eleitorais, apontou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

Com queda de 1,6 ponto, o Índice de Confiança de Serviços (ICS) foi em setembro a 87,4 pontos.

” As avaliações sobre a situação corrente permanecem estáveis, mas em patamar historicamente baixo, enquanto as expectativas, mesmo com oscilações mês a mês, apontam para uma fase de ajuste provavelmente associada à incerteza eleitoral”, explicou o consultor da FGV Silvio Sales em nota.

“Assim, o cenário é de continuidade do movimento de discreta recuperação no nível de atividade do setor para os próximos meses”, completou.

O levantamento de setembro apresentou queda da confiança em nove das 13 principais atividades pesquisadas.

O Índice de Expectativas (IE-S) teve queda de 1,5 ponto, para 90,0 pontos, enquanto o Índice da Situação Atual (ISA-S) registrou recuo de 1,6 ponto, para 85,1 pontos, atingido o mesmo nível de junho passado.

A confiança de serviços acompanha os movimentos de queda registrados nos levantamentos para o consumidor e nos setores da indústria e comércio em setembro.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!