Justiça reforça papel de agência reguladora sobre empresas de criptomoedas nos EUA – Portal do Bitcoin

Uma decisão judicial divulgada na última quarta-feira (27) em Boston garante à Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) o papel de processar a empresa My Big Coin, que seria responsável por um esquema de fraude. O parecer reforça a responsabilidade da agência estatal como reguladora de empresas de criptomoedas.

Em janeiro, durante uma operação de desmembramento de fraudes online, a CFTC acionou a Justiça contra o empresário de tecnologia Randall Crater, que teria roubado cerca de US$ 6 milhões de pessoas que que queriam comprar My Big Coin, uma moeda digital falsa. O caso foi divulgado em matéria no New York Times.

No processo da CFTC contra a My Big Coin Pay Inc, com sede em Nevada, a agência reguladora alega que os réus tomaram o dinheiro roubado de 28 clientes que teriam sido enganados com publicidade que fazia o criptoativo ter quase o mesmo nome que o Bitcoin, além de dizer que a moeda digital tinha lastro em ouro.

A defesa de Crater tentou invalidar o processo, argumentando que a CFTC não tem autoridade sobre criptomoedas. Seus advogados disseram que a criptomoeda da companhia não é um bem físico, nem um serviço onde se negocia contratos de futuros, que são as atribuições da agência.

Entretanto, a juíza Rya Zobel, do distrito de Boston, disse que a CFTC tem poder de regulação sobre empresas como a My Big Coin, por ela se enquadrar como um commodity, na definição da Lei de Comércio de Commodities. A juíza reforçou que a lei define commodities em categorias extensas, em vez de tipos e categorias específicos.

A conclusão de Zobel é de que tanto a My Big Coin quanto o Bitcoin podem ser categorizados como moedas virtuais, e o Bitcoin vem sendo comercializado como título de futuros em exchanges americanas. Com isso, a CFTC tem gerência sobre criptomoedas, incluindo a criada pelo empresário processado no caso.

Advogados de companhias americanas relacionadas a criptomoedas acompanham o caso. A decisão deve reforçar o precedente jurídico para aplicação das regulações da agência estatal sobre empresas de criptoativos.


Procurando o melhor lugar para fazer seus trades?

A Huobi, exchange líder em ativos digitais, chegou ao Brasil! Crie sua conta em menos de 1 minuto. Plataforma em português, mais de 150 altcoins, taxa de apenas 0,20%, liquidez e muita segurança, acesse: https://www.huobi.com/

O post Justiça reforça papel de agência reguladora sobre empresas de criptomoedas nos EUA apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!