Bolsonaro abre 11 pontos de vantagem em relação a Haddad, segundo Datafolha – Isto É

Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta terça-feira, 2, mostra que o deputado Jair Bolsonaro (PSL) abriu diferença de onze pontos porcentuais e se mantém na liderança da disputa pela Presidência com 32% dos votos. Fernando Haddad (PT) oscilou um ponto para baixo, com 21%, seguido por Ciro Gomes(PDT), que tem 11% e se manteve no mesmo patamar da última pesquisa. O quarto colocado é Geraldo Alckmin (PSDB), com 9%, que oscilou um ponto para baixo. Os dois estão em empate técnico, já que a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Marina Silva (Rede) tem 4%. Em seguida vêm João Amoêdo (Novo), com 3%; Henrique Meirelles (MDB), Alvaro Dias (Podemos) e Cabo Daciolo (Patriota), com 2%. Os candidatos Vera Lúcia (PSTU), Guilherme Boulos (PSOL), Eymael (DC) e João Goulart Filho (PPL) não pontuaram.

O levantamento vai na mesma linha do que mostrou o Ibope/Estado/TV Globo desta segunda-feira, 1º, quando Bolsonaro cresceu quatro pontos e o petista ficou estagnado. Assim como no Ibope, a rejeição a Haddad cresceu no Datafolha. O aumento, que no outro instituto foi de 11 pontos porcentuais, foi de nove pontos na pesquisa de hoje — ou seja, passou de 32%  para 41%. Bolsonaro, por outro lado, oscilou um ponto para baixo em seu índice de rejeição, com 45%. Segue sendo a taxa mais alta entre os presidenciáveis.

No segundo turno, pesquisa mostra empate técnico entre Bolsonaro e Haddad

O Datafolha também simulou cenários de segundo turno. Bolsonaro e Haddad empatariam dentro da margem de erro, com 44% do candidato do PSL contra 42% do petista — na pesquisa anterior, Haddad ganhava de 45% a 39%. Ao contrário do que mostrou o Ibope, Ciro também empata tecnicamente com o capitão da reserva. Neste cenário, o pedetista teria 46%, ante 42% do adversário. No levantamento do outro instituto, Ciro ganha de 45% a 39%. Já Geraldo Alckmin pontuaria 43%, contra 41% de Bolsonaro — outro empate técnico.

O Datafolha entrevistou 3.240 eleitores em 225 cidades nesta terça-feira. A margem de erro é de dois pontos porcentuais, para cima ou para baixo. O índice de confiança é de 95%, o que quer dizer que há 95% de chances de os resultados refletirem o atual momento eleitoral. O levantamento foi contratado pelo jornal Folha de S.Paulo e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-03147/2018.

Veja os números de intenção de voto para 1º, segundo o Datafolha:

Jair Bolsonaro (PSL): 32%

Fernando Haddad (PT): 21%

Ciro Gomes (PDT): 11%

Geraldo Alckmin (PSDB): 9%

Marina Silva (Rede): 4%

João Amoêdo (Novo): 3%

Alvaro Dias (Podemos): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Cabo Daciolo (Patriota): 2%

Guilherme Boulos (PSOL): não pontou

Vera Lucia (PSTU): não pontuou

João Goulart Filho (PPL): não pontuou

Eymael (DC): não pontuou

O post Bolsonaro abre 11 pontos de vantagem em relação a Haddad, segundo Datafolha apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!