Pela primeira vez, uma mulher é nomeada economista-chefe do FMI – Exame

Pela primeira vez, uma mulher é nomeada economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI). A diretora-geral do FMI, Christine Lagarde, confirmou hoje, 1º, Gita Gopinath no cargo. Ela assume como conselheira Econômica e Diretora do Departamento de Pesquisa do FMI em substituição a Maurice Obstfeld, que anunciou que irá se aposentar no final do ano.

Gita Gopinath é professora de Estudos Internacionais e Economia da Universidade de Harvard, co-editora da American Economic Review e co-diretora do Programa Internacional de Finanças e Macroeconomia do National Bureau of Economic Research (NBER).

A economista é autora de 40 artigos científicos sobre taxas de câmbio, comércio e investimento, crises financeiras internacionais, política monetária, dívida e crises de mercados emergentes.

De origem indiana, Gita Gopinath nasceu cidadã americana e cidadã ultramarina da Índia.

Ela é Ph.D. em economia pela Universidade de Princeton além de ter um B.A. pela Universidade de Delhi e M.A. pelas instituições Delhi School of Economics e University of Washington.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!