Anastasia prega voto útil em propaganda e é criticado por Pimentel – Isto É

A quatro dias para as eleições 2018 e depois de intensificar os ataques contra o atual governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, que tenta a reeleição pelo PT, o candidato do PSDB, Antonio Anastasia, decidiu atacar também as campanhas de Adalclever Lopes, do MDB, e Romeu Zema, do Novo, em uma propaganda em que prega o voto útil já no primeiro turno.

Apesar de liderar a última pesquisa Ibope, divulgada na terça-feira, 2, com 33% das intenções de voto, a campanha de Anastasia quer evitar o segundo turno. Pimentel aparece em segundo lugar, com 22%, enquanto Romeu Zema tem 10% e Adalclever, 4%.

Na inserção, que foi divulgada na televisão, dois homens conversam sobre a eleição, sendo que um deles afirma que está em dúvida entre votar no candidato do MDB e do Novo. “Os votos que vão para o Zema ou para o Adalclever podem levar a eleição para o segundo turno. E segundo turno é outra eleição, não é?”, diz um dos personagens, que afirma que pretende votar no postulante do PSDB.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) atendeu, na segunda-feira, 1, a um pedido de tutela provisória de urgência, movida pela coligação do PT, que pedia a suspensão da veiculação da propaganda de Anastasia. O desembargador do tribunal, Alexandre Victor de Carvalho, considerou que a “inserção ocupada totalmente por imagens externas e sem a presença do candidato”, poderia ser considerada propaganda irregular.

A inserção foi alvo de críticas pelos adversários no debate desta terça-feira, 2, na Rede Globo. Logo na primeira pergunta, Fernando Pimentel chamou a campanha de “falta de respeito com o eleitor” e questionou o que Adalclever Lopes achou da propaganda. “Eu vi com muita indignação, um absurdo contra a democracia. Aquilo demonstra um medo de que a democracia se instale”, disse o candidato do MDB.

Adalclever ainda afirmou que a propaganda seria um exemplo dos motivos pelos quais o MDB historicamente se manteve como oposição aos governos do PSDB. “Nunca fiz composição pela arrogância, pois eles (PSDB) querem impor a sua vontade. Eles acham que Minas é o curral deles”, disse.

Romeu Zema, por meio de nota divulgada por sua assessoria de imprensa, também classificou a inserção do PSDB como uma “afronta à democracia”. “Este comercial comprova uma política de baixo nível para tentar tirar voto do adversário, quando ele deveria era estar focando em suas propostas e benfeitorias ao Estado”, declarou.

Nesta quarta-feira, antes de se reunir com dirigentes da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, Fernando Pimentel voltou a criticar a campanha de Antonio Anastasia. “Me pareceu estranho, induzindo o eleitor a mudar o voto, com um argumento que não tem cabimento na democracia, de evitar um segundo turno”, disse o governador.

Por meio de nota, a campanha de Anastasia negou que a propaganda tentasse induzir o eleitorado. “A inserção sugere ao eleitor uma reflexão sobre qual é o candidato com maiores chances de vencer Pimentel e seu partido, já no primeiro turno, que tem rejeição altíssima em Minas”. A campanha disse que não recorrerá contra a decisão do TRE-MG.

O post Anastasia prega voto útil em propaganda e é criticado por Pimentel apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!