Leilão de Biodiesel da ANP arrecada R$ 2,71 bilhões

O 63º Leilão de Biodiesel feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) arrematou 964,8 milhões de litros de biodiesel, dos quais 964,4 milhões de litros são para mistura obrigatória. Desse volume, 99,2% são oriundos  de produtores detentores do selo Combustível Social. O pregão objetiva garantir o abastecimento de biodiesel no mercado nacional entre 1º de novembro e 31 de dezembro deste ano.

De acordo com a informação divulgada hoje (9) pela ANP, o valor total negociado no leilão alcançou R$ 2,71 bilhões, com preço médio de R$ 2,814 por litro, sem considerar a margem Petrobras. Houve deságio médio de 11,01% em comparação ao preço máximo de referência médio (R$ 3,162/L).

As ofertas de biodiesel foram feitas no dia 1º de outubro. Trinta e oito produtores disponibilizaram para o mercado o volume total de 1,029 bilhão de litros, sendo 99,1% de produtores detentores do selo Combustível Social.

Os leilões de biodiesel visam atender a Lei nº 13.263, publicada em março de 2016, que fixa em 10% o percentual mínimo obrigatório de adição de biodiesel ao óleo diesel vendido ao consumidor final (B10), em até trinta e seis meses após a data de promulgação da lei.

Os volumes comercializados serão validados após homologação pela diretoria da ANP, informou a agência, por meio de sua assessoria de imprensa.

Edição: Maria Claudia

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!