Cotações Frouxas no Mercado do Boi Gordo – Investing.com

As cotações da arroba do , que estavam firmes até o final do mês passado, aos poucos estão cedendo.

No fechamento da última terça-feira (9/10) houve queda em dez praças pecuárias, cenário que não era observado há um bom tempo.

Pelo lado da demanda, no mercado interno o cenário de consumo calmo é o mesmo. Entretanto, o que ajuda a explicar esta pressão sobre as cotações é a oferta de gado e as exportações.

Mesmo com a menor atratividade do confinamento, os animais do segundo giro começam a ser comercializados e isso gera um incremento na disponibilidade de gado.

Além disso, as oscilações do impactam diretamente as margens das indústrias que exportam. Vale lembrar que o dólar acumula queda de aproximadamente 7% desde o início do mês.

A carcaça de bovinos castrados fechou estável frente ao levantamento de ontem (08/10), cotada em R$9,88/kg.

Custos de produção se mantém em patamares elevados em setembro

Os custos de produção da atividade leiteira subiram pelo segundo mês consecutivo.

De acordo com o Índice Scot Consultoria, o aumento foi de 2,1% em setembro em relação a agosto deste ano. Em um ano os custos acumulam alta de 15,2%.

As altas nos preços dos suplementos minerais, alimentos concentrados, combustíveis/lubrificantes e fertilizantes puxaram o indicador para cima.

Além do aumento nos custos de produção o preço do leite pago ao produtor caiu, estreitando a margem da atividade em setembro.

Na comparação com o mês anterior, a margem do produtor de leite recuou 4,1 pontos percentuais.

Por Breno de Lima e Juliana Pila (Scot Consultoria)

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!