CCR arremata Rodovia de Integração Sul com deságio de 40,53% — Governo do Brasil

O Grupo CCR venceu nesta quinta-feira (1º) o leilão realizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) de concessão de trechos da Rodovia de Integração Sul, no Rio Grande do Sul. Com o menor valor de pedágio apresentado no certame, a companhia ganhou o direito de explorar e realizar melhorias na rodovia por 30 anos.

O valor máximo de taxa básica de pedágio determinado pela ANTT era de R$ 7,24. A companhia, no entanto, apresentou um desconto de 40,53% ao propor um pedágio de R$ 4,30, vencendo das outras quatro empresas proponentes.

De acordo com a agência reguladora, são esperados investimentos na ordem de R$ 7,8 bilhões ao longo da concessão, e custos operacionais estimados em R$ 5,6 bilhões. Com o desenvolvimento da rodovia, a expectativa é de que os investimentos resultem na geração de cerca de 12 mil empregos diretos e indiretos.

Concessões

A rodovia foi leiloada como parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal, um pacote de concessões e privatizações atraentes a investidores, com oportunidades em áreas como petróleo e gás natural, energia elétrica, aeroportos, ferrovias, rodovias e hidrovias, entre outros.

Para o presidente da República, Michel Temer, o resultado do leilão é fruto da atratividade do programa e vai resultar em mais desenvolvimento no País.

Hoje tivemos mais uma vitória para nosso País: uma concessão para beneficiar a população, além de gerar desenvolvimento para o País. No leilão, a empresa ofereceu deságio de 40% na tarifa do pedágio de quatro trechos de rodovias no Rio Grande do Sul pelos próximos trinta anos.

— Michel Temer (@MichelTemer) 1 de novembro de 2018

Fonte: Governo do Brasil, com informações da ANTT e Ministério dos Transportes

Fonte Oficial: Portal Brasil.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!