Navio com soja dos EUA rumo à China muda rota em meio a guerra comercial – Exame

Pequim – Um navio carregando soja que iria dos Estados Unidos à China mudou seu destino para a Coreia do Sul nesta quinta-feira, mostraram dados de navegação, em meio à guerra comercial que tem impactado envios da commodity norte-americana para o maior importador mundial da oleaginosa.

O Star Laura, carregado com 36 mil toneladas de soja norte-americana, saiu de Seattle no fim de setembro e deveria chegar no porto chinês de Qingdao na quarta-feira, de acordo com dados do Refinitiv Eikon.

O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) disse em meados de outubro que a carga era de 69.298 toneladas.

A embarcação mudou seu destino para Yeosu, na Coreia do Sul, na manhã desta quinta-feira.

O Star Laura foi um dos poucos navios cargueiros que saíram dos EUA com destino à China nos últimos meses, conforme os compradores praticamente zeraram as aquisições da oferta norte-americana por receios de que Pequim imporia mais restrições às importações.

A soja norte-americana exportada para a China está sujeita a tarifas extras de 25 por cento desde 6 de julho, quando Pequim retaliou em reposta às taxas impostas pelos EUA sobre produtos chineses.

Ao menos outros dois navios com soja dos EUA para a China mudaram de curso no mês passado, sugerindo que o comprador original revendeu a carga para outros mercados. Outros dois navios chegaram à China recentemente, mas aparentemente não descarregaram, segundo os dados de navegação.

 

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!