Em guerra comercial, China diz estar pronta para negociar com os EUA – Exame

Cingapura – A China está pronta para manter discussões e trabalhar com os Estados Unidos para resolver as disputas comerciais porque as duas maiores economias do mundo só têm a perder com o confronto, afirmou nesta terça-feira o vice-presidente chinês, Wang Qishan.

Pequim e Washington adotaram tarifas sobre os produtos uns dos outros nos últimos meses, em uma disputa comercial que vem afetando os mercados financeiros e provocando dúvidas sobre a economia global.

O foco agora está sobre a reunião do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com o presidente chinês, Xi Jinping, no final do mês. Trump ameaçou impor mais tarifas sobre 267 bilhões de dólares em importações chinesas se os dois países não chegarem a um acordo sobre o comércio.

“Tanto a China quanto os EUA adorariam ver uma maior cooperação econômica e comercial”, disse Wang ao FórumBloomberg New Economy em Cingapura.

“O lado chinês está pronto para ter discussões com os EUA sobre questões de preocupação mútua e trabalhar por uma solução em relação ao comércio aceitável para ambos os lados”, disse ele.

“O mundo hoje enfrenta muitos problemas que exigem cooperação próxima entre China e Estados Unidos”, completou ele. “Acreditamos que a China e os EUA vão ganhar com cooperação e perder com confronto.”

 

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!