Governo espera que Rota 2030 seja aprovado esta semana, diz ministro Marun – Exame

Brasília – O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou nesta terça-feira, 6, que o governo mantém o interesse na aprovação da MP 843, que cria novo regime tributário para o setor automobilístico, o chamado Rota 2030, na Câmara dos Deputados nesta semana.

Segundo o ministro, há ainda a expectativa de aprovação do projeto que trata da cessão onerosa no Senado ainda neste ano.

“Em termos de pauta legislativa para esta semana o interesse maior do governo se concentra na aprovação das MPs 843 e 844. A 843 é a Rota 2030 e a 844 é a questão do marco do saneamento”, disse Marun, referindo às medidas de incentivos a montadoras de veículos e de facilitação de privatização de empresas públicas de saneamento.

O ministro ressaltou que há mudanças no texto original da MP do Rota 2030 que não contam com o apoio do governo. “No caso de aprovação de outras questões no bojo dessa MP o governo vai analisar caso a caso aquelas que ali chegarem”, disse.

A Câmara tinha sessão deliberativa prevista para a noite desta terça-feira, após sessão conjunta do Congresso Nacional que ocorria nesta tarde. Por falta de quórum a sessão do Congresso e a da Câmara foram remarcadas para quarta-feira. Segundo Marun, também há interesse na votação de itens da pauta do Congresso justamente para deixá-la liberada.

O articulador do governo disse ainda que não há previsão de votação de projetos que tratem da independência do Banco Central.

Sobre a Previdência, tema reacendido em declarações recentes do presidente eleito Jair Bolsonaro, lembrou que o governo mantém a visão segundo a qual uma eventual votação ainda neste ano depende de uma iniciativa do novo governo. De acordo com ele, deve ocorrer uma conversa na quarta-feira entre Temer e Bolsonaro e “talvez possa ter algum encaminhamento” sobre o assunto.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!