Câmara aprova texto principal do Rota 2030 e vota emendas – Exame

Brasília – A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o texto principal da MP 843, um novo regime tributário para as montadoras de veículos no Brasil com a contrapartida de investimentos em pesquisa e desenvolvimento de produtos e tecnologias, o chamado Rota 2030.

O texto aprovado é o projeto de lei de conversão de autoria do deputado Alfredo Kaefer (PP-PR). Os deputados votam nesta noite emendas ao projeto.

O aumento de subsídios para montadoras do Centro-Oeste segurou a votação no início da tarde. O texto é considerado valioso para o setor e foi aprovado no fim de outubro, na comissão mista criada para avaliar a MP, depois de longas negociações que envolveram inclusive um atrito entre as montadoras Ford e Fiat, com fábricas na Bahia e Pernambuco, respectivamente.

A matéria precisa ainda ir ao Senado e, depois, para sanção presidencial, o que precisa ocorrer até o dia 16 de novembro, prazo limite até que a MP caduque.

Na terça-feira, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse que o governo deseja ver aprovado o texto original da proposta, sem as modificações sugeridas pelos parlamentares. “O interesse do governo, basicamente se situa no texto original porque entendemos que é o interesse do Brasil todo”, disse. De acordo com ele, mudanças no texto que forem aprovadas pelo Congresso serão analisadas “caso a caso”.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!