Em 9 meses, Ministério do Trabalho recupera R$ 4,1 bi devidos ao FGTS

O Ministério do Trabalho recolheu mais de R$ 4,1 bilhões para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de janeiro a setembro deste ano. A quantia foi recuperada por meio de autuações realizadas pela Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT).

O resultado é 19% superior ao alcançado no mesmo período do ano passado – que totalizou R$ 3,43 bilhões de FGTS e de Contribuição Social – e 53 % superior ao valor de R$ 2,67 bilhões, arrecadado de janeiro a setembro de 2016.

A maior parcela do valor recuperado veio de São Paulo (R$ 674 milhões), seguido de Rio de Janeiro (R$ 381 milhões) e do Rio Grande do Sul (R$ 264 milhões), de Minas Gerais (R$ 191 milhões) e do Paraná (R$ 183 milhões).

Por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), a partir de novembro de 2019, a prescrição do FGTS passará a ser de cinco anos, em vez dos 30 anos atuais.

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!