Ex-ministro britânico Jo Johnson diz que colegas estão repensando Brexit Por Reuters – Investing.com

© Reuters. Ex-ministro britânico Jo Johnson diz que colegas estão repensando Brexit

Por Kate Holton

LONDRES (Reuters) – O ex-ministro britânico Jo Johnson disse que alguns colegas estão “refletindo seriamente” se devem abandonar o plano da primeira-ministra, Theresa May, em relação ao Brexit, após sua demissão do gabinete ter prejudicado os planos da premiê para a saída do bloco europeu.

O ministro júnior dos Transportes, irmão mais novo do ex-Secretário de Assuntos Internacionais, Boris Johnson, criticou severamente o acordo de May para o Brexit na sexta-feira, antes de inesperadamente pedir demissão e dizer que o país precisa se afastar do abismo.

No sábado, ele também atacou “fantasias e promessas” feitas durante o referendo por partidários do Brexit, como seu irmão, e afirmou que a realidade é que seria uma “farsa democrática” se o povo não tivesse outra oportunidade de decidir sobre seu futuro.

“Essa é uma das questões mais graves que enfrentaremos em nossas carreiras políticas”, disse ele à BBC Radio. “Eu sei que muitos estão refletindo sobre o acordo e como responderão a ele. É papel dos legisladores tomar uma posição. Eu o fiz. Se os outros acharem que isso é o certo a se fazer, então ótimo.”

A posição de Jo Johnson é importante porque ele era visto como um congressista leal que votou pela permanência britânica no bloco. Sua saída pode fazer com que outros ministros pró-UE votem contra o acordo, alinhando-se a outros partidários do Brexit que prometeram rejeitar o projeto.

Boris Johnson, principal líder político do Brexit, deixou o governo em julho. Os irmãos disseram que, embora tivessem votado separados quanto à saída do bloco, eles se uniram na consternação com a atual situação do país.

As críticas realçam o tamanho da batalha que May terá de enfrentar para fechar um acordo que seja aceito por facções diferentes de seu partido – que está fortemente dividido – e o Partido Democrático Unionista da Irlanda da Norte, necessário para que a premiê tenha maioria para governar.

Conversas com negociadores da UE devem ser retomadas no domingo, e May deve realizar um encontro ministerial neste mês, na esperança de contar com o apoio de seus ministros.

May priorizou manter o livre comércio de bens com a Europa, mas muitos críticos dizem que isso deixará o Reino Unido sujeito a decisões tomadas em Bruxelas, sem influência de Londres.

(Reportagem adicional de Alastair Macdonald, Gabriela Baczynska e Jan Strupczewski)

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!