Incêndios na Califórnia geram custos de US$13 bi a seguradoras – Exame

São Paulo – Os incêndios que assolam a Califórnia nesse momento e que já deixaram dezenas de mortos e mais de doze mil prédios destruídos custarão às seguradoras americanas entre US$ 9 bilhões e US$ 13 bilhões. O cálculo é da companhia RMS e foi divulgado pelo jornal Financial Times.

Os gastos previstos de até US$ 13 bilhões se referem ao que as seguradoras terão de pagar na cobertura dos patrimônios, apenas. Entram na conta residências, veículos e negócios prejudicados. Contando o prejuízo total, incluindo bens sem cobertura, o prejuízo será muito maior, avalia a seguradora.

Os incêndios começaram em 8 de novembro e as autoridades ainda lutam para controlá-lo. A área queimada já passa dos 100 mil hectares, destruindo residências, prédios e florestas.

Mohsen Rahnama, diretor de modelo de riscos da RMS fez uma previsão nada animadora. Segundo ele, as mudanças climáticas (que podem provocar tempos mais secos na região) e o fato de construções e residências estarem, cada vez mais, tomando conta de áreas de cobertura nativa contribuem para que o risco de incêndios seja cada vez maior – e estes incêndios seriam mais frequentes e perigosos.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!