Arrecadação chega a R$ 119,4 bilhões, com queda de 0,27% em novembro

A arrecadação das receitas federais somou R$ 119,42 bilhões em novembro, de acordo com dados divulgados hoje (21) pela Receita Federal. Na comparação com novembro de 2017, descontada a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), houve queda de 0,27%.

Nos 11 meses deste ano, a arrecadação federal acumula R$ 1,315 trilhão, 5,39% (variação considerado o desconto da inflação pelo IPCA) a mais que a do mesmo período de 2017.

Se forem considerados apenas os valores administrados pela Receita Federal (como impostos e contribuições), a arrecadação ficou em R$ 116,587 bilhões, com queda de 1,01% em novembro. No acumulado do ano até o mês passado, a soma dos valores administrados pela Receita atingiu R$ 1,260 trilhão, com crescimento real de 3,96%.

A queda registrada em novembro é explicada pelos pagamentos da entrada em programas de refinanciamento de dívidas tributárias e previdenciárias, chamados de Refis, ocorridos em novembro de 2017, que não se repetiram este ano. Esses pagamentos geraram uma arrecadação extra de R$ 4,9 bilhões, naquele mês.

Também houve redução de R$ 486 milhões de arrecadação de PIS/Cofins (Programa de Integração Social/Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) em novembro deste ano comparado ao mesmo mês de 2017, devido à desoneração do óleo diesel.

No caso das receitas administradas por outros órgãos (principalmente royalties do petróleo), houve crescimento de 44,07% em novembro (R$ 2,834 bilhões) e alta de 53,51% no acumulado do ano até o mês passado (R$ 55,301 bilhões).

Edição: Graça Adjuto

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!