Conselho da Petrobras elege Castello Branco como presidente da estatal

O Conselho de Administração da Petrobras elegeu em reunião o economista Roberto Castello Branco para o cargo de presidente da companhia a partir do dia 1º de janeiro de 2019 e o nomeou como conselheiro de Administração a partir do primeiro dia do ano que vem até a próxima Assembleia Geral de Acionistas, segundo informações divulgadas hoje (21). Conforme a estatal, a indicação de Castello Branco, feita pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, passou por análise prévia do Comitê de Indicação, Remuneração e Sucessão do Conselho de Administração.

Na mesma reunião o Conselho de Administração aprovou a dispensa, no dia 31 de dezembro de 2018, de Ivan Monteiro da presidência da estatal. Diante da dispensa, Ivan Monteiro apresentou sua renúncia à posição de conselheiro de Administração da Petrobras, sendo que sua saída ocorrerá no último dia do ano.

Os diretores de Estratégia, Organização e Sistema de Gestão, Nelson Luiz Costa Silva; e de Refino e Gás Natural, Jorge Celestino Ramos também foram dispensados a partir de 31 de dezembro. A diretora de Exploração e Produção, Solange da Silva Guedes, e de Assuntos Corporativos, Eberaldo de Almeida Neto, de acordo com a Petrobras, “ocuparão interinamente essas posições, respectivamente, sem prejuízo de suas funções atuais, pelo prazo de 90 dias ou até que o conselho delibere sobre novos diretores executivos”.

Futuro presidente

Roberto Castello Branco é graduado em economia, com doutorado na Fundação Getulio Vargas (FGV EPGE) e pós-doutorado na Universidade de Chicago. Ele participou de programas de treinamento executivo da Sloan School of Management (MIT) e na International Institute for Management Development (IMD).

O futuro presidente da Petrobras é professor afiliado da Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getulio Vargas (EPGE/FGV), atuando também como diretor do Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico da instituição.

Castelo Branco foi diretor na Vale S.A., do Banco Central do Brasil, do Banco Boavista, do Banco Boavista Investimentos e do Banco InterAtlântico. Ele foi também membro do Conselho de Administração da Petrobras entre maio de 2015 e abril de 2016.

Na nota com o anúncio das decisões do Conselho de Administração, a Petrobras agradeceu “o importante trabalho de Ivan de Souza Monteiro desde sua chegada em 2015, assim como as contribuições dos diretores Nelson Luiz Costa Silva e Jorge Celestino Ramos e dá boas-vindas a Roberto Castello Branco”.
 

Edição: Fábio Massalli

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!