Cariocas e turistas se despedem da Árvore de Natal da Lagoa – Isto É

Cariocas e turistas lotaram no fim da tarde de hoje (6) a orla da Lagoa Rodrigo de Freitas para se despedir da Árvore de Natal da Lagoa, que será acesa neste domingo pela última vez neste verão. Com 70 metros de altura e 900 mil lâmpadas, a árvore voltou a ser uma das atrações da cidade neste fim de ano, após dois anos sem ser montada.

Para marcar o último fim de semana da árvore, atrações musicais gratuitas se apresentaram em um palco no Parque do Cantagalo, na Avenida Epitácio Pessoa. Antes de o sol se pôr, no entanto, o movimento na orla do ponto turístico carioca já era grande.

O vendedor de automóveis Marcelo Pinto, de 45 anos, e a analista financeira Márcia Farias, de 42 anos, foram pela primeira vez em família conhecer a árvore. Eles saíram de Vaz Lobo, na zona norte, para aproveitar o domingo de sol. Casados, eles haviam prometido ao filho Mateus, de 9 anos, que ele conheceria a árvore. Quando souberam que este era o último fim de semana, se deram conta de que não poderiam mais adiar a promessa.

“Estávamos com uma dívida com ele”, brincou Márcia, depois de tirar fotos do marido e do filho diante do pôr do sol no cartão postal. Os planos eram caminhar pela orla e comer em uma das muitas barracas de cachorro quente, pipoca, churrasquinho e tapioca montadas no local.

A vendedora Karolaine Alves, de 21 anos, mora na Rocinha e trabalha diariamente em uma barraca de tapioca na orla da Lagoa. Desde que a árvore foi inaugurada, em novembro, ela esteve no local todos os dias e conta que o movimento gerado pela atração é constante. Com o fim da temporada, ela vai voltar ao seu antigo local de trabalho: a Rua Santa Clara, em Copacabana, onde também vende tapioca.

“Lá o movimento é muito bom, mas aqui é maior. Fico aqui até meia-noite e tem gente”.

O post Cariocas e turistas se despedem da Árvore de Natal da Lagoa apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!