China tem quedas inesperadas em exportações e importações em dezembro – Exame

Apesar do recuo em dezembro, o saldo da balança comercial da China foi positivo em US$ 351,76 bilhões em 2018

Por Estadão Conteúdo

access_time 14 jan 2019, 08h14

Pequim – As exportações e as importações da China recuaram em dezembro do ano passado, na comparação anual, como efeito da imposição de tarifas pelos Estados Unidos aos produtos chineses e do enfraquecimento da demanda.

Dados oficiais divulgados nesta segunda-feira, 14, mostram que as exportações caíram 4,4% em dezembro, na comparação anual, após um crescimento de 5,4% em novembro, na mesma base. Uma pesquisa do Wall Street Journal com economistas previa um crescimento de 2,5% no indicador.

Já as importações caíram 7,6% em dezembro, ante uma alta de 3% em novembro. O levantamento do Wall Street Journal trazia como perspectiva um crescimento de 3%.

O superávit comercial da China em dezembro foi de US$ 57,06 bilhões, ante US$ 44,75 bilhões no mês anterior. A expectativa dos economistas era de um superávit de US$ 57 bilhões.

No ano, o saldo da balança comercial da China foi positivo em US$ 351,76 bilhões. As exportações chinesas em dólares cresceram 9,9% no ano passado, enquanto as importações avançaram 15,8%.

Em 2017, as exportações aumentaram 7,9% e as importações, por sua vez, tiveram expansão de 15,9%. Naquele ano, a balança foi superavitária em US$ 422,51 bilhões. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!