Trump nega possibilidade de suspensão de tarifas em negociação com a China – Exame

Nova York – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste sábado que relatos de que as negociações comerciais com a China incluiriam a suspensão de tarifas impostas ao país asiático não são verdadeiros. O presidente se referiu a essas tarifas como “sanções”.

“As coisas estão indo muito bem com a China e com o comércio”, disse Trump a repórteres. “Houve alguns relatos falsos sobre sanções sendo removidas. Levamos enormes quantias de dinheiro para os Estados Unidos por causa das sanções e vamos ver como as coisas avançam. E, se fizermos um acordo, certamente não teremos sanções”, disse o presidente, expressando otimismo com o progresso das discussões.

O Wall Street Journal informou na quinta-feira, citando fontes familiarizadas com o assunto, que a ideia de suspender tarifas em parte ou totalmente foi proposta pelo secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, em uma série de reuniões estratégicas.

A reportagem acrescentou que o representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, está preocupado que qualquer concessão possa ser vista como um sinal de fraqueza. As questões comerciais foram apontadas como o maior obstáculo para altas nos mercados de ações em 2019, e a possibilidade de remoção de tarifas levou os índices de ações a máximas na quinta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!