Demanda aérea doméstica sobe 4% em dezembro e atinge maior nível em 4 anos – Exame

No acumulado anual, a procura por viagens avançou 4,4%, enquanto a oferta cresceu 4,7%

Por Reuters

access_time 22 jan 2019, 16h18 – Publicado em 22 jan 2019, 16h08

São Paulo – A demanda por assentos em voos domésticos no Brasil em dezembro subiu 3,98 por cento ante mesmo mês de 2017, afirmou nesta terça-feira a entidade que representa as empresas aéreas, Abear, no melhor desempenho para o período em quatro anos.

Já a oferta de assentos avançou 2,65 por cento, também na comparação anual. Como o ritmo foi inferior ao da demanda, o nível de ocupação dos voos chegou a 84,36 por cento, com alta de 1,07 ponto percentual ano a ano.

Juntas, GOL e Latam, Azul e Avianca, as sócias da Abear, transportaram 8,6 milhões de passageiros em voos domésticos em dezembro, volume 4,23 por cento maior que um ano antes.

“As estatísticas de oferta, demanda e passageiros transportados são algumas das mais altas já registradas para dezembro, retomando os melhores níveis registrados em 2014”, afirmou a Abear em nota.

Nos voos internacionais, a demanda por transporte aéreo nessas companhias subiu 20,5 por cento sobre dezembro de 2017, enquanto a oferta cresceu 20,06 por cento. Com isso, o nível de ocupação das aeronaves subiu 0,31 ponto percentual, para 83,23 por cento. O total de passageiros transportados teve ampliação de quase 12 por cento, para 869 mil.

No acumulado do ano, a demanda por viagens aéreas domésticas avançou 4,4 por cento, enquanto a oferta cresceu 4,7 por cento. A demanda internacional teve expansão de 16,5 por cento ante 2017 e a oferta teve incremento de 19,7 por cento.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!