Michael Cohen adia audiência no Congresso alegando ‘ameaça’ de Trump – Isto É

Michael Cohen, o ex-advogado de Donald Trump que deveria testemunhar no dia 7 de fevereiro no Congresso dos Estados Unidos, decidiu adiar sua audiência devido a “ameaças contra sua família” por parte do presidente americano, informou nesta quarta-feira seu advogado Lanny Davis.

“Este é um momento no qual o senhor Cohen deve pensar primeiro na segurança de sua família e na sua”, declarou Davis, sem precisar a natureza das ameaças.

O testemunho de Cohen, que trabalhou durante dez anos para a Organização Trump e foi condenado a três anos de prisão por comprar o silêncio de supostas ex-amantes do magnata durante a campanha presidencial de 2016, é algo potencialmente perigoso para o presidente.

“Devido a repetidas ameaças contra sua família de parte do presidente Trump e de (seu advogado, Rudy) Giuliani neste final de semana, e devido à contínua cooperação de Cohen com as investigações em curso”, sua audiência “foi adiada para outra data”, informou Davis à AFP.

A data da nova audiência diante das comissões responsáveis de supervisão da Câmara de Representantes ainda não foi fixada.

Jamie Raskin, representante democrata por Maryland no Congresso e membro do comitê, considerou “inaceitável” qualquer tentativa de intimidação de parte do presidente americano.

“Se for verdade, as declarações do presidente ameaçando Michael Cohen e sua família são evidentes tentativas de obstrução à justiça e um flagrante ataque ao estado de direito. Apelos aos meus colegas – democratas e republicanos – que rejeitem esta nova falta de respeito presidencial à Constituição, ao governo democrático e à separação dos poderes”, tuitou Raskin.

Cohen, casado e pai de dois filhos, se declarou culpado em agosto de fraude fiscal e bancária e de violação da política de financiamento eleitoral, como resultado dos pagamentos a supostas amantes de Trump.

Foi condenado a três anos de prisão em dezembro, mas só cumprirá a sentença a partir de 6 de março para continuar cooperando com a investigação do promotor especial Robert Mueller sobre um possível conluio entre a equipe de campanha de Trump com a Rússia.

O post Michael Cohen adia audiência no Congresso alegando ‘ameaça’ de Trump apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!