Porta-voz nega que meio ambiente ganhe prioridade em relação à Previdência – Exame

São Paulo – O porta-voz da Presidência da República, Otávio Santana do Rêgo Barros, afirmou nesta terça-feira, 29, que mesmo com o desastre do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG) a questão ambiental não terá prioridade em relação à Previdência.

“É óbvio que ele (presidente) está muito preocupado com esta questão da Previdência, mas no devido momento e de forma coordenada vai expressar sua orientação para os nossos ministros e estes ministros vão estudar a melhor maneira de vocalizar junto ao nosso Congresso”, afirmou o porta-voz do Planalto.

Questionado se o presidente fez algum comentário em relação ao desastre em Brumadinho, Rêgo Barros disse que “por óbvio” o presidente não falou nada e nem poderia falar. “A tragédia aconteceu na sexta-feira, no sábado nos deslocamos para Brumadinho e no domingo ele deu entrada no hospital”, disse.

Rêgo Barros destacou ainda que o presidente não tem acompanhado o noticiário de televisão e que permanece em repouso. Amanhã às 7 horas ele reassume a Presidência.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!