Dólar tem pouca variação ante real com mercado atento a eleições no Congresso e cautela com China Por Reuters – Investing.com

© Reuters. Notas de dólar e real brasileiro em casa de câmbio

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar tinha pouca variação no pregão desta sexta-feira ante o real, com o mercado atento ao Congresso, que deve ter um dia agitado com a eleição das presidências de cada Casa, e em meio à cautela com o crescimento na China.

Às 10:19, o dólar avançava 0,24 por cento, a 3,6675 reais na venda, após fechar na véspera com queda de 1,77 por cento, a 3,6588 reais.

Na manhã desta sexta-feira o mercado observa um ajuste de posições, com investidores realizando lucros após a forte queda no pregão da quinta-feira. No mês de janeiro, a divisa registrou recuo de 5,60 por cento ante o dólar.

O dólar futuro operava em alta de cerca de 0,6 por cento.

A grande pauta do dia é a retomada dos trabalhos em Brasília, com votações previstas para 18h. Na Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) tenta a reeleição como presidente, sendo o favorito na disputa.

No Senado, o MDB escolheu, por uma margem apertada na noite de quinta-feira, o nome de Renan Calheiros (AL) para levar à disputa pela presidência da Casa, mas há um grupo anti-Renan que tentará levar a eleição para o segundo turno.

Aliados de Renan reconhecem que o cacique emedebista deve enfrentar dificuldades na votação. O senador chegou a ser alvo de 18 inquéritos no STF, em maioria ligados à Lava Jato, e apoiou o PT durante a campanha eleitoral, mas adotou uma nova postura, fazendo acenos a Bolsonaro, após as eleições.

Na avaliação de participantes do mercado, o nome de Renan agrada o ministro da Economia, Paulo Guedes.

“É importante reforçar que Renan, embora um símbolo da chamada ‘velha política’, agrada ao ministro Paulo Guedes por sua maior capilaridade entre os partidos; ou seja, com maior potencial de sucesso na iminente aprovação da reforma da Previdência”, afirmou a operadora H.Commcor em nota.

A definição das mesas diretoras é importante pois permitirá que o governo comece a avançar com a sua agenda econômica, inclusive a tão aguardada reforma da Previdência.

“Existe uma expectativa muito positiva com relação aos nomes que estão em pauta. Caso seja confirmada essa expectativa, a tendência é que haja uma valorização do real, diante da perspectiva de que a reforma da Previdência pode ganhar mais força”, afirmou o operador de um banco nacional.

No exterior, após um pregão de bom humor com a sinalização mais moderada do Fed na véspera, investidores veem com preocupação dados que mostraram contração na atividade industrial chinesa.

Os EUA divulgam, às 11h30, dados sobre o mercado de trabalho e os investidores devem buscar qualquer sinal de fraqueza.

O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 10,33 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares para rolagem do vencimento de março, no total de 9,811 bilhões de dólares.

(Por Laís Martins)

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!