Presidente turco se queixa de silêncio dos EUA sobre homicídio de Khashoggi – Isto É

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, criticou neste domingo (3) o “silêncio” dos Estados Unidos em relação ao assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi, executado no consulado de seu país em Istambul.

“Não consigo entender o silêncio dos Estados Unidos (…) Queremos que seja totalmente esclarecido (o assassinato), porque isso é uma atrocidade”, disse Erdogan durante uma entrevista ao canal de televisão estatal TRT.

“O homicídio de Khashoggi não é um crime comum”, assinalou o presidente turco.

Khashoggi, colaborador do Washington Post e crítico da monarquia saudita, foi assassinado dentro do consulado saudita em Istambul em 2 de outubro de 2018.

O jornalista havia pedido uma entrevista no consulado para obter os documentos necessários para seu casamento, e o homicídio foi cometido por uma equipe de 15 pessoas saídas de Riad, que o aguardava dentro da delegação consular, segundo o governo turco.

Em princípio, Riad negou o crime. Atualmente, 11 pessoas, cujas identidades não foram reveladas, estão sendo julgadas na Arábia por seu envolvimento.

O post Presidente turco se queixa de silêncio dos EUA sobre homicídio de Khashoggi apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!