Bitcoin volta aos US$ 4.000 e movimenta mercado das criptomoedas – Portal do Bitcoin

O Bitcoin voltou a ser cotado acima dos US$ 4.000 e entra em um movimento de alta que já dura dez dias e pode ser o início de uma recuperação maior.

Com valorização superior a 5% nas últimas 24 horas, o BTC dá continuação a um movimento iniciado no dia 8 de fevereiro e que foi impulsionado na segunda-feira (18).

Gráfico BTC/USD da Bitfinex

No Brasil, a criptomoeda volta a se aproximar dos R$ 15.000, onde foi negociada pela última vez em meados de janeiro.

Desde a baixa anual, o Bitcoin já valorizou 20%. Apesar da recuperação, o ativo ainda acumula uma queda de quase 80% desde a sua máxima histórica de US$ 20.000, atingida em dezembro de 2017.

Nas últimas 24 horas, de acordo com o Coinmarketcap, mais de US$ 10 bilhões foram negociados em Bitcoin, uma alta considerável de 100% em comparação com o início do mês. Esse é o maior volume visto nos últimos nove meses.

Criptomoedas operam em alta

Em forte valorização desde ontem, os principais ativos do mercado continuam em alta. Ethereum voltou ao patamar dos US$ 150 enquanto Ripple valoriza 7% nas últimas 24 horas e é negociada a US$ 0,33.

EOS e Stellar são os destaques do dia, com valorizações superiores a 10%. Com a alta, a EOS volta a ocupar a quarta posição em valor de mercado e ultrapassa o Litecoin novamente.

Fonte: Coinmarketcap

Nas últimas 24 horas, a soma dos volumes negociados dos criptoativos aumentou em mais de 100% e superou os US$ 35 bilhões. Em janeiro, uma média de US$ 15 bilhões eram negociados diariamente.

O valor de mercado dos ativos digitais está em US$ 135 bilhões e alcança maior valor dos últimos 45 dias. O Bitcoin mantêm seu marketshare acima de 50%.


Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

O post Bitcoin volta aos US$ 4.000 e movimenta mercado das criptomoedas apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!