Indicador antecedente da economia fecha janeiro com expansão de 2,9%

O indicador antecedente composto da economia (IACE) aumentou em 2,9% na comparação com dezembro, chegando a 118,8 pontos, segundo o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e o The Conference Board (TCB). Das oito séries que o compõem, sete contribuíram para a alta.

O destaque são os índices de expectativas da indústria e de serviços, que tiveram expansão de 6,1% e 5,6%, respectivamente.

Já o índice que mede as condições econômicas atuais – o indicador coincidente composto da economia (ICCE) – cresceu 0,3% em janeiro, avançando para 103 pontos. Os dois índices foram divulgados nesta terça-feira (19) pela FGV.

Expectativas favoráveis

O aumento mostrou que o Brasil está vivendo um período de expectativas bem favoráveis, avaliou o professor Paulo Picchetti, coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC Brasil) do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE/FGV).

Segundo Picchetti, o crescimento econômico está condicionado à aprovação das reformas e que, “embora se acredite que serão aprovadas,“existe sempre uma incerteza associada”. Para o coordenador, as reformas são necessárias para sinalizar que não vai haver uma nova recessão,

De acordo com ele, o resultado do mês evidenciou ainda que os dois indicadores estão subindo, mas que o antecedente sobe com mais força.

“Esse indicador é derivado de algumas expectativas das próprias sondagens da FGV e de expectativas do mercado financeiro e do mercado futuro de juros, que, historicamente, correlacionam bem o que vai acontecer com o ciclo alguns meses à frente.” Para o professor, o ICCE já mostra a “história de recuperação da economia que o país está vivendo no momento”, embora o ritmo da retomada ainda seja “bem lento”.

Índices

O IACE é composto pelos índices de expectativas das sondagens da indústria, de serviços e do consumidor; índice de produção física de bens de consumo duráveis; índice de ‘quantum’ de exportações; índice de termos de troca; Ibovespa; e taxa referencial de swaps DI pré-fixada – 360 dias. Swap é um instrumento financeiro que objetiva reduzir riscos.

O ICCE é constituído pelos componentes: índice de produção física da indústria; consumo de energia elétrica na indústria; índice de volume de vendas do comércio varejista; expedição de papel e papelão ondulado; número de pessoas ocupadas; e rendimento médio real do trabalho assalariado.

O ‘The Conference Board’ (TCB) é instituição independente de âmbito global para realização de pesquisas e seminários sobre negócios.

Os próximos resultados do IACE e ICCE estão previstos para 18 de março.

Edição: Maria Claudia

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!