Queda no Preço da Arroba em São Paulo – Investing.com

Nas regiões onde a oferta de boiadas não tem sido suficiente para atender a necessidade das indústrias, os preços foram pressionados para cima no fechamento desta terça-feira (19/2).

No Maranhão, por exemplo, a arroba subiu 0,7%, o que significa alta de R$1,00/@ na comparação diária e as escalas de abate da região atendem, em média, três dias.

Em contrapartida, em São Paulo, a oferta de boiadas tem sido suficiente para atender a demanda, e abriu espaço para os frigoríficos ofertarem preços abaixo das referências.

Na comparação dia a dia, a cotação da arroba do caiu 0,7% no estado, e fechou em R$152,50 a prazo, livre de Funrural. As programações de abates dos frigoríficos paulistas atendem, em média, seis dias.

No Rio Grande do Sul, a oferta de animais está curta, porém há indústrias que estão abastecendo seus estoques com carne vinda do Centro-Norte, diminuindo dessa forma o apetite de compras. Nesses casos as ofertas de preços para a arroba do boi abaixo das referências são comuns.

Por outro lado, as indústrias mais dependentes da oferta local sentem dificuldade em alongar as escalas de abate e ofertam preços acima das referências para a arroba.

Compensa bater o sal mineral na fazenda?

Veja algumas vantagens e desvantagens de fabricar o sal mineral dentro da fazenda, desde a compra da matéria-prima até as análises de qualidade.

Por Pâmela Andrade e Marina Zaia (Scot Consultoria)

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!