Reforma no Congresso é o Derradeiro Teste Hoje. Ata do FOMC no Foco – Investing.com

Ainda que os indicadores econômicos estejam sinalizando posições futuras antagônicas entre diversos mercados emergentes e economias centrais, uma coisa fica clara: o crescimento global no próximo biênio pode ser ainda mais moderado se os eventos políticos recentes não se resolverem.

Uma coisa é certa, com exceção do Brasil, onde as condições econômicas podem levar a um corte de juros no futuro, a tendência global é de esgotamento dos estímulos, retomada do aperto e elevação do custo internacional de crédito.

Com tais eventos em vista, a aprovação da reforma da previdência do Brasil ganha lugar de destaque não somente pela expectativa dos agentes econômicos locais, mas também internacionais.

Apesar de todos os temores, a liquidez internacional continua elevada e os ‘tropeços’ com diversos mercados emergentes como Argentina, México e África do Sul impuseram uma marca negativa no grupo, sendo somente superada por China, Rússia e no melhor dos casos, Malásia.

Há espaço e vontade para alocação de recursos no Brasil por parte dos investidores, locais e internacionais, porém vivemos a era do otimismo condicionado, onde o cenário atual até propicia uma visão mais positiva, porém sem as reformas, a confiança tende a afundar completamente.

Neste mesmo sentido vem a importância da ata da última reunião do FOMC, pois a autoridade monetária americana também tem em fatores extra econômicos as motivações para decisões futuras de juros, pois a conclusão da guerra comercial pode trazer um impulso adicional ao crescimento, ao ponto do Fed rever as duas altas para este ano nos juros.

Atenção hoje aos resultados de Via Varejo (SA:), Arezzo (SA:), CDB, Web, Ultrapar (SA:) e CSN (SA:).

CENÁRIO POLÍTICO
Sem querer soar defendendo o governo, porém a gravação vazada por Bebianno, um fato grave per se, se mostrou mais como uma bronca do que uma conversa, ou seja, não corrobora a tese do ex-ministro de que “conversei com o presidente 3x e está tudo bem”.

Não estava tudo bem e as gravações, ainda que reiterem o desgosto do presidente pela imprensa, algo de deveria ao menos se tornar mais republicano agora, demonstram que Carlos Bolsonaro errou muito na forma com que defendeu o presidente, mas não no conteúdo.

Para os investidores, restou ignorar.

Muitos entendem a votação da questão de sigilos como um sinal do congresso, e foi, porém a matéria estava essencialmente fadada à desaprovação.

Importante notar tanto a reação com a apresentação hoje da reforma da previdência, quanto à votação dos destaques do importante Cadastro Positivo.

Estes serão os derradeiros testes do governo.

ABERTURA DE MERCADOS
A abertura na Europa é positiva e os futuros NY abrem em sem rumo, com as negociações China X EUA.

Na Ásia, o fechamento foi positivo, com o avanço nas negociações China X EUA.

O opera estável contra a maioria das divisas, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vencimentos observados.

Entre as commodities metálicas, alta generalizada, com exceção para o .

O abre em queda, após a proximidade com as maiores altas do ano

O índice de volatilidade abre em alta de 1,8%

CÂMBIO
Dólar à vista : R$ 3,7217 / -0,38 %
Euro / Dólar : US$ 1,13 / -0,009%
Dólar / Yen : ¥ 110,79 / 0,145%
Libra / Dólar : US$ 1,30 / -0,237%
Dólar Fut. (1 m) : 3708,95 / -0,67 %

JUROS FUTUROS (DI)
DI – Janeiro 20: 6,38 % aa (-0,12%)
DI – Janeiro 21: 6,99 % aa (-0,14%)
DI – Janeiro 23: 8,06 % aa (-0,74%)
DI – Janeiro 25: 8,56 % aa (-1,15%)

BOLSAS DE VALORES
FECHAMENTO
: 1,19% / 97.659 pontos
: 0,03% / 25.891 pontos
: 0,19% / 7.487 pontos

: 0,60% / 21.431 pontos
: 1,01% / 28.514 pontos
: -0,17% / 6.096 pontos

ABERTURA
: 0,248% / 11337,30 pontos
: 0,179% / 5169,74 pontos
FTSE: 0,137% / 7188,97 pontos

Ibov. Fut.: -0,19% / 98269,00 pontos
S&P Fut.: 0,061% / 2780,40 pontos
Nasdaq Fut.: 0,014% / 7069,25 pontos

COMMODITIES
Índice Bloomberg: 0,12% / 81,36 ptos

Petróleo WTI: -0,21% / $55,97
:-0,44% / $66,16

: 0,27% / $1.344,58
Minério de Ferro: -0,03% / $88,53

: -0,88% / $16,31
: 0,95% / $372,75
: 0,26% / $97,80
: 0,15% / $13,37


Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!