“Bitcoin Banco copiou nosso projeto”, diz fundador da criptomoeda Leax – Portal do Bitcoin

Depois de retirar Leaxcoin da plataforma e anunciar a criação da LeaxEX, o grupo Bitcoin Banco também parou com o segundo projeto e apagou o antigo site e todas as redes sociais da que seria a substituta da primeira criptomoeda.

De outubro do ano passado a janeiro de 2019, o Bitcoin Banco vinha fechando contratos de venda da criptomoeda Leax com seus clientes. Entre janeiro e fevereiro, as duas empresas romperam a parceira. O caso foi parar na Justiça e, no momento, o processo não pode ser acessado.

Em entrevista exclusiva ao Portal do Bitcoin, um dos fundadores do projeto Mark Anthony Wagan fez graves acusações à empresa do Paraná:

“Tudo começou bem no início, mas no final de janeiro eles desfizeram a parceira e disseram que queria ir por outro caminho que foi criar a LeaxEX. Eles tiraram o site deles do ar graças a ação dos nossos advogados”.

Wagan também acusou o Bitcoin Banco de roubar a página do Facebook e do Instagram da empresa. “Ficamos só com a página do Twitter e do Medium, onde divulgamos que eles estavam nos copiando e infringindo leis de propriedade intelectual”.

Para o confundador da Leax, a projeto rival imitava inclusive o layout do site do projeto original. “Era tudo quase igual ao que gente fez. Até mesmo as cores eles copiaram”, disse demonstrando indignação.

Questionado, o Bitcoin Banco afirmou por meio de sua assessoria: “Esse desconforto já está equacionado com o co-fundador da Leax e é coisa do passado”.

Sobre o futuro do projeto, afirmou: “O Grupo Bitcoin Banco decidiu desenvolver um novo projeto, mais alinhado com a história e com sua estratégia, e que será divulgado quando estiver maduro”. A empresa também afirmou que decidiu retirar o site da LeaxEX do ar para “proteger interesses dos stakeholders, diante da reformulação do projeto”.

O Portal do Bitcoin vem tentando entrar em contato com a divisão brasileira da Leax há dois dias. Houve a promessa de que uma nota seria emitida, mas até agora não quiseram comentar o caso.

O que aconteceu com a Leax

Na semana passada, a Leaxcoin, até então negociada pela corretora NegocieCoins, despencou 99% em 24 horas — de R$ 3,6 para R$ 0,03, conforme dados do Icoinomia, o índice de preços do Bitcoin Banco.

A exchange 3xBit, a única outra no Brasil que negociava o ativo digital, avisou os clientes que iria desativar as negociações. “Todas as ordens abertas no livro de ofertas serão canceladas”, informou a empresa pelo Medium. Além disso, recomendou que essas criptomoedas fossem retiradas da plataforma e depositadas em carteiras pessoais. 

O problema, no entanto, já durava algumas semanas, com depósitos bloqueados desde o início do ano. A NegocieCoins negociava milhões de reais diariamente na LeaxCoin, de acordo com próprios dados fornecidos pela exchange.

Com cotação cravada na casa dos R$ 3,60, os usuários não podiam depositar o ativo comprado na 3xBit que, no mesmo período, era negociado por volta dos R$ 0,30 — dez vezes mais barato.

Em nota enviada à imprensa, o Bitcoin Banco prometeu que iria ressarcir os clientes.

O post “Bitcoin Banco copiou nosso projeto”, diz fundador da criptomoeda Leax apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!