Colômbia diz que 60 militares venezuelanos pediram refúgio – Isto É

Mais de 60 militares venezuelanos pediram refúgio em território colombiano neste sábado, disse o ministro de Relações Exteriores da Colômbia, Carlos Holmes Trujillo. Em coletiva de imprensa, hoje à noite, Trujillo informou também que 285 pessoas ficaram feridas em confrontos com forças de segurança da Venezuela, das quais 30 colombianas. Dentre os feridos, 37 foram hospitalizados.

Presente na coletiva, o ministro colombiano de Defesa, Guillermo Botero Nieto, relatou que o país enviou hoje à Venezuela quatro caminhões com alimentos e remédios, mas apenas um ainda permanece em território venezuelano. Segundo Nieto, a carga foi retirada deste veículo por civis. Outros dois foram incendiados e um retornou à Colômbia. “A prioridade para o presidente (colombiano, Iván Duque Márquez) é proteger a integridade das pessoas na zona de fronteira e, por isso, decidiu pelo retorno dos caminhões, com exceção dos que foram queimados”, disse o ministro de Relações Exteriores a jornalistas.

“Continuaremos atuando com medidas pacíficas para proteção dos cidadãos colombianos. A Colômbia e a comunidade internacional atuaram de maneira pacífica, mas receberam violência”, acrescentou Trujillo.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!