Bolsas Asiáticas se Animam com Trump – Investing.com

Bom dia Investidores,

Na sexta o subiu 0,98% e ajudou a reverter o que seria uma semana de queda, fechando com alta de 0,37% no acumulado. O giro financeiro abaixo da média, em R$ 13,9 bilhões.

O grande destaque da sexta-feira, foram as ações da Magazine Luiza (SA:) que subiram 10,43% com a divulgação do lucro e indicadores acima do esperado, mas mesmo assim não foi o suficiente para a ação se recuperar no ano, em 2019 a queda é de 1,48%, o que é normal, já que a ação subiu nada mais, nada menos do que 119,70% em 12 meses.

Já os bancos fecharam em direções opostas, com o Santander (SA:) caindo 0,12%, e fechando a semana com queda de 1,14%, o Bradesco (SA:) caindo 0,82% na sexta e 3,04% na semana, o Itaú (SA:) subiu 1,09% na sexta e garantiu a semana positiva em 2,75% e o Banco do Brasil (SA:) subiu 0,74% na sexta e cravou uma alta de 10,98% na semana.

As ações da Vale (SA:) se aproveitaram de um cenário mais positivo entre China e EUA, sinalizando que já estão próximos de um acordo. Com isso a ação subiu 3,55% na sexta, conseguindo reverter o cenário negativo da semana para 2,42% de alta.

Já as ações da Petrobras (SA:) caíram na sexta, mesmo com o preço do barril de . Os investidores seguem apreensivos já que na quarta-feira a empresa soltará o seu balanço. Na sexta a queda foi de 0,99%, mas não apagou a semana positiva com alta de 1,08%.

Vale um destaque também para as ações da Natura (SA:), que subiram 5,93% após um resultado bastante positivo.

Com o cenário mais positivo para Brasil, o que vinha subindo forte, recuou 0,55%, fechando em R$ 3,74, porém não reverteu a semana que foi de alta de 1,03%. Já caiu 0,68%, fechando em R$ 4,24, porém também fechou a semana positiva em 1,19%.

Os DIs tiveram um dia de baixa, com a expectativa da Taxa Selic Meta se manter ou até cair em 2019. O DI Jan 2021 caiu de 7,08% para 7,05% e o DI Jan 2025 caiu de 8,71% para 8,68%.

Essa semana será repleta de divulgação de resultados, hoje começaremos com Locamérica (SA:) e Unidas, além disso o principal indicador da semana saíra na quinta-feira, que será divulgado o PIB do quatro trimestre e de 2018 do Brasil.

Amanhã teremos a sabatina no Senado de Roberto Campos Neto, que será o novo presidente do BC, encerrando o mandado de Ilan Goldfajn, que fez um excelente trabalho ao conseguir deixar a inflação sempre dentro da meta, e essa é a principal função de um Banco Central.

Indo para os Estados Unidos, as bolsas vem subindo forte no ano, com um Banco Central mais sensível em relação a desaceleração global e um Trump mais ameno com a China. O subiu 0,70% e já acumula alta de 11,59% no ano, o subiu 0,64% e acumula 11,41% no ano e o subiu 0,91% para cravar 13,44% no ano.
São várias ações que estão se destacando em 2019, alguns exemplo são a P&G subindo 23,16%, a Nike com alta de 21,51%, a Boeing 16,66%, Microsoft (NASDAQ:) 16,50% e a Pfizer subindo 15,70%. Na sexta a Kraft Heinz reportou um prejuízo de US$ 12,6 bilhões no quarto trimestre, derrubando em US$ 4 bilhões a fortuna de Warren Buffet, após queda de 27,46% nas ações.

O grande destaque que ajudou a impulsionar as bolsas asiáticas hoje, foi o anúncio ontem à noite de Trump, que prorrogou a trégua nas tarifas adicionais para produtos importados da China, animando os mercados. Na quarta-feira, Trump se encontrará com Kim Jong-Un que hoje também está mais tranquilo e mais aberto a negociações.

Na agenda norte-americana, teremos a produção manufatureira do FED/Dallas, estoques no atacado em dezembro e a atividade nacional medida pelo FED/Chicago.

Indo para a Europa, as bolsas abriram em alta com Frankfurt subindo 0,33%, Londres subindo 0,17%, Paris subindo 0,35% e Madri subindo 0,11%. Na Ásia as bolsas fecharam majoritariamente em alta, com Shanghai disparando 5,60%, Hong Kong subindo 0,65% e Seul subindo 0,08%, a única exceção foi a bolsa de Tóquio que caiu 0,18%, ainda sentindo os efeitos de dados ruins na semana passada.

O preço do barril de petróleo voltou a subir, com o WTI subindo 0,53%, fechando a semana em alta de 2,29% e o subiu 0,07% para fechar a semana em alta de 1,31%. O motivo dessa alta foi o impacto positivo de um acordo entre China e EUA que podem aumentar a demanda pela commodity.

E para finalizar as criptomoedas estão despencando, apesar de estarem bem positivas na semana. O está caindo 9,24%, mas está positivo na semana em 9,52%, a caindo 19,17%, mas mantendo 20,26% positivo na semana e a caindo 11,41%, mas mantendo 5,68% positivo na semana.

Ótima semana e bons negócios!
Por Fabio Louzada – Eu me banco!

Acorda Mercado – Ano II, Edição 116

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!