Banco suíço fecha parceria com startup para oferecer serviços de criptomoedas – Portal do Bitcoin

O banco Julius Baer, ​​uma das maiores instituições financeiras privadas da Suíça, vai oferecer acesso às criptomoedas a seus clientes, conforme comunicado oficial nesta terça-feira (26). Entre os pacotes estão: armazenamento, transações e investimentos.

“O Julius Baer tem o prazer de anunciar a colaboração com a SEBA para fornecer aos seus clientes acesso a uma gama de novos serviços de ativos digitais”, diz o comunicado.

O banco se refere à parceria com a SEBA Crypto AG, uma empresa com foco no setor de criptomoedas. Ela pretende construir uma ponte tecnológica supervisionada e progressiva entre a Autoridade Federal de Vigilância do Mercado Financeiro (FINMA) e os mercados tradicionais e criptoeconômicos.

A SEBA arrecadou US$ 103 milhões no ano passado. Na ocasião, Andreas Amschwand, executivo de ambas empresas disse que o compromisso era estabelecer um ambiente regulatório abrangente para o desenvolvimento da tecnologia blockchain e o crescimento sustentável e estável de criptoativos.

Banco cita crescente demanda

O artigo do Julius Baer diz que o banco pretende fornecer a seus clientes o acesso às criptomoedas em consonância com a crescente demanda por criptoativos.

“Espera-se que a SEBA seja uma das primeiras startups na criptoeconomia a fechar a lacuna regulatória entre ativos convencionais e digitais”, diz um trecho do comunicado.

Peter Gerlach, chefe de marketing do Julius Baer e membro da diretoria da SEBA, comentou:

“No Julius Baer, ​​estamos convencidos de que os criptoativos vão se tornar uma classe de ativos legítimos e sustentáveis no portfólio de um investidor. O investimento na SEBA, bem como nossa forte parceria, são provas do engajamento de Julius Baer no setor e nossa dedicação para tornar inovações pioneiras disponíveis para o benefício de nossos clientes”.

Guido Buehler, CEO da SEBA, falou em fortalecimento da parceria e benefícios.

“Estamos muito orgulhosos por ter o Julius Baer como investidor. A SEBA permitirá acesso fácil e seguro à criptoeconomia em um ambiente totalmente regulado. A parceria entre a SEBA e o Julius Baer, ​​sem dúvida, criará valor para ambos e para os clientes”, afirmou Buehler.

Ação aponta para o que muitos esperam

A ação do Julius Baer pode apontar para uma mudança significativa no mercado de criptomoedas, já que a adesão à criptoeconomia por instituições financeiras tradicionais é um dos momentos mais aguardados em âmbito mundial.

Nos últimos meses, Fidelity, Nasdaq, ICE, todas globalmente gigantes, começaram a fortalecer a infraestrutura de apoio às criptomoedas. O Julius Baer é o quarto maior conglomerado financeiro a entrar no novo mercado.

Clique aqui e siga o Portal do Bitcoin no Instagram


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

O post Banco suíço fecha parceria com startup para oferecer serviços de criptomoedas apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!